Sexta, 16 de novembro de 2018
(86) 99915-1055
Desk Propaganda
Geral - Acre

Postada em 10/01/2018 ás 17h22

Publicada por: Bruna Dias

Adolescente vende filha de três meses por R$ 1,9 mil e depois se arrepende
Mulher contou à polícia que foi influenciada por pastor e que durante transação tinha garantias de que a criança ficaria morando perto dela.
Adolescente vende filha de três meses por R$ 1,9 mil e depois se arrepende

Foto: Quésia Melo/G1

A Polícia Civil investiga um caso em que uma mãe de 16 anos vendeu a filha de três meses por R$1,9 mil para um casal e depois se arrependeu. O caso ocorreu em Rio Branco. Segundo a adolescente informou à polícia, ela foi influenciada por um pastor. A criança foi encontrada em um hotel da cidade de Brasiléia, interior do Acre, pela Polícia Militar do Acre (PM-AC).

A mãe contou à polícia que vendeu a criança sob a promessa de que teria contato constantemente com a filha. Porém, o casal teria decidido ir embora e a adolescente procurou a polícia para fazer a denúncia.

 

O delegado Adriano de Morais falou, nesta quarta-feira (10), durante entrevista na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), que a polícia conseguiu encontrar a criança em um hotel do interior do Acre e o casal fugiu.

 

“Pelo que me falaram, o pastor que interceptou a negociação entre o casal, que seria de Santa Catarina. Ele que apresentou o casal e a mãe vendeu a criança por R$ 1,9 mil. Desse valor, foi repassado para ele R$ 500”, disse o delegado.

 

Ainda segundo Morais, a venda da criança ocorreu no início desse ano e a mãe procurou a polícia cerca de três dias depois. O pastor, que também é investigado, seria um vizinho da menor e do casal.

 

“Após ter vendido a criança, foi prometido à menor que ela poderia ver a criança diariamente. Depois de dois a três dias ela [mãe da criança] viu a mulher arrumando a caminhonete para partir. Ela diz que tentou intervir, mas esse pastor não permitiu que ela saísse de casa. Assim que a compradora saiu da capital, a mãe veio denunciar o caso aqui na delegacia”, ressaltou.

À polícia, a adolescente explicou que tem outro filho e estava com dificuldades financeiras. “Apesar da pouca idade, ela já é mãe de outra criança, teve o segundo filho e alegou dificuldades financeiras. Vendeu sob a promessa de poder visitar o filho constantemente”, argumentou.

Odelegado falou ainda que a criança está em Rio Branco e entregue aos cuidados do Estado. A polícia acredita que o casal tentava sair do país com o bebê.

“Uma das pessoas foi identificada até o momento como Janaira ela ofereceu esse valor para a mãe da bebê. Isso caracteriza uma compra de incapaz por parte do casal e a menor pode responder por abandono de incapaz. O pastor pode sim responder criminalmente, já que intermediou essa compra. O caso está em investigação, estamos fazendo oitivas e está bem avançado”, complementou.

   

Fonte: G1

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Olho D'água do Piauí Por Jô Mendes

Campeonato olhodaguense de Futebol terá início neste fim de semana

Gilbués-PI Por Henrique Guerra

Rodoviária de Gilbués está abandonada pelo poder público

Pau D'arco Por Ântonia da Costa

Três mil fiéis percorreram 8 horas de caminhada até Pau D'Arco

Alto Longá Por R. Bezerra

Evento Gospel Nascimento de um Sonho reúne Multidão

Campo Maior Por Wellington Siqueira

Prefeito Professor Ribinha anuncia retomada do programa 'Mais Produção'

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium