Domingo, 15 de dezembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Nova Comunicação 1
[email protected]
86999151055
Educa Mais Brasil

Educa Mais Brasil

Educa Mais Brasil Notícias sobre inclusão educacional.

[email protected]

86999151055

Educação - Educação

Postada em 14/11/2019 ás 14h54

Publicada por: Bruna Sampaio

Twitter e Unesco lançam guia sobre alfabetização midiática para educadores
O guia está disponibilizado na internet.
Twitter e Unesco lançam guia sobre alfabetização midiática para educadores

Foto: Divulgação

O Twitter, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), montou o Ensinar e Aprender com o Twitter, guia que tem como objetivo ajudar educadores a capacitarem os alunos com as habilidades de alfabetização midiática. O produto visa contribuir para o uso responsável das ferramentas que a rede social apresenta.

No guia estão reunidos textos teóricos, planos de aula e estudos de caso que mostram as melhores práticas sobre alfabetização midiática da UNESCO. O documento traz, ainda, dicas de como professores e pais podem usar o Twitter como uma ferramenta de aprendizado na sala de aula ou em casa.

O vice-presidente de políticas públicas, governo e filantropia corporativa do Twitter, Colin Crowell, usou o blog da rede para ressaltar a importância da parceria com a UNESCO, além de destacar a necessidade da alfabetização midiática contra a desinformação. “Esperamos que este manual tenha um impacto tangível e benéfico para estudantes de todo o mundo, ajudando os educadores a transmitirem informações e habilidades críticas às gerações mais jovens sobre como navegar em um ambiente de mídia cada vez mais complexo”, declarou.

O Ensinar e Aprender com o Twitter também pretende contribuir para a formação de bons cidadãos digital. Por isso, há tópicos sobre segurança online e como os educadores devem agir caso se deparem com casos de cyberbullying.

O guia está disponibilizado na internet – para ter acesso basta clicar aqui –, e também será distribuído em escolas via rede de ONGs relevantes da UNESCO, agências estaduais de educação e a rede europeia de Centros de Internet Segura.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium