Segunda, 09 de dezembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(86) 99915-1055
Coluna Policial

Coluna Policial

Coluna Policial Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.

[email protected]

(86) 99915-1055

Polícia - Feminicídio

Postada em 16/11/2019 ás 10h03

Publicada por: Geysa Silva

Mulher é morta após registrar queixa contra ex-companheiro
Ele ficou escondido em casa após matar a vítima e foi preso em seguida
Mulher é morta após registrar queixa contra ex-companheiro

Foto: Divulgação

A Polícia Civil prendeu no fim da tarde desta sexta-feira (15) o suspeito de matar a ex-namorada Adrielli Rodrigues, de 22 anos, que havia acabado de registrar boletim de ocorrência contra ele por ameaça e agressão, em São Manuel (SP).

A jovem foi atingida com quatro tiros no peito quando estava em uma motocicleta na quadra 1 da Rua Francisco da Cruz Mellão, na quinta-feira (14). Minutos antes do assassinato, ela chegou a avisar a mãe sobre estar sendo perseguida pelo ex.

Segundo a polícia, Cristiano Gomes, que teve a prisão preventiva decretada, estava escondido em uma casa da cidade.

Ele foi levado ao plantão policial e, após o registro do boletim de ocorrência, será encaminhado para a cadeia de Itatinga, onde ficará à disposição da Justiça.

Ainda segundo a polícia, Cristiano não teria aceitado o fim do relacionamento e, por isso, efetuou disparos contra Adrielli.

Após ser baleada, jovem chegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital das Clínicas de Botucatu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de quinta-feira.

O velório de Adrielli está sendo realizado nesta sexta-feira (15) e o enterro está previsto para as 8h deste sábado (16), no cemitério do distrito de Aparecida de São Manuel.

Vítima avisou a mãe

No dia do crime, Adrielli mandou uma mensagem para mãe minutos antes de ser baleada dizendo que estava sendo perseguida pelo ex-namorado. Na mensagem, Adrielli Rodrigues mandou uma foto do ex, Cristiano Gomes, em uma moto.

A mãe da jovem, Kate Cilene Roberta da Cruz, contou à reportagem da TV TEM que a filha tinha acabado de registrar um boletim de ocorrência contra Cristiano por agressões e ameaças na delegacia e pedido uma medida protetiva.

Na mensagem, ela fala para mãe que agora tinha provas de que ele a perseguia. O velório de Adrielli está na tarde desta sexta-feira (15) e o enterro está previsto para as 8h deste sábado (16), no cemitério do distrito de Aparecida de São Manuel.

Fonte: G1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium