Sexta, 27 de Novembro de 2020
86 9 8877-6606

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 98877-6606

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

24° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Abuso sexual
19/11/2019 08h28 Atualizada há 1 ano
Por: Marina Sousa

Idosa de 92 anos com Alzheimer é estuprada pelo vizinho no MA

Caso foi descoberto após a família da vítima ter instalado uma câmera escondida.

Foto: Reprodução/TV Mirante
Foto: Reprodução/TV Mirante

Um homem identificado como José Ribamar Sousa, de 73 anos, está sendo procurado pela polícia por suspeita de estuprar uma idosa de 92 anos, na zona rural de São Luís. De acordo com familiares da vítima, José Ribamar era vizinho da idosa e costumava insistir para cuidar dela quando a família não estava por perto.

A família desconfiou do que acontecia na residência porque a idosa ficava agitada todas as vezes que o vizinho chegava perto dela. Por conta disso, a neta da vítima instalou uma câmera escondida na casa que flagrou José Ribamar abusando sexualmente dela. Em seguida, a denúncia foi feita e o material foi entregue à polícia e ao Ministério Público do Maranhão (MP-MA).

O caso aconteceu em julho e depois que foi descoberto, José Ribamar fugiu. Na fase de investigações, a polícia pediu a prisão preventiva do suspeito. O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) denunciou o suspeito pelo crime de estupro de vulnerável e reforçou o pedido de prisão preventiva feita pela Polícia Civil.

Continua depois da publicidade

A idosa sofre de alzheimer, uma doença degenerativa que afeta principalmente a memória, além de outros sintomas e alterações no comportamento que se agravam ao longo do tempo. Além disso, a a vítima tem dificuldades de locomoção, por essa razão passa o dia deitada. Por conta disso, nunca comunicou nada para a família.

De acordo com o Augusto Cutrim, promotor do idoso, o caso reforça que qualquer mulher independente da idade pode ser vítima de abuso sexual e que grande parte desses crimes são praticados por pessoas muito próximas da vítimas.

Fonte: G1
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®