Sábado, 07 de dezembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Nova Comunicação 2
[email protected]
(86) 99915-1055
Famosos*

Famosos*

Fama Tudo sobre o mundo das celebridades.

[email protected]

(86) 99915-1055

Geral - Sucesso

Postada em 22/11/2019 ás 16h49

Publicada por: Geysa Silva

Pabllo Vittar recebe prêmio em Londres e chora ao falar da homofobia
A estrela brasileira chorou em premiação em Londres ao falar da homofobia no Brasil
Pabllo Vittar recebe prêmio em Londres e chora ao falar da homofobia

Foto: Divulgação Instagram

Acantora Pabllo Vittar foi aclamada ao receber um prêmio e se apresentar na edição 2019 da premiação “Gay Times Honours 500”, da revista GAY TIMES, que aconteceu na noite desta quinta-feira (21), em Londres, na Inglaterra.

A premiação marcou o reconhecimento de pessoas e organizações que tiveram grande impacto para a comunidade LGBTQ+ em todo o mundo nas áreas de entretenimento e ativismo social. Além disso, neste ano, o evento também comemorou a 500ª edição da revista, que é a primeira magazine LGBTQ+ da Europa.

Pabllo Vittar, que foi capa da revista em abril, sendo um dos maiores fenômenos de venda da história da publicação, foi surpreendida ao receber o prêmio “Drag Hero Award” - das mãos de Nicole Scherzinger (The Pussycat Dolls) -, em celebração a importância de seu trabalho e representatividade para a comunidade LGBTQ+ em todo o mundo. Além disso, a cantora encantou os presentes com seus looks e com uma performance especial com duração de 20 minutos, que incluíram os hits (“Flash Pose”, “Parabéns”, “Amor de Que” e “Ponte Perra”) da primeira parte de seu novo EP, “111”.

Ao receber o prêmio, a estrela brasileira falou de sua caminhada artística. “Eu fiquei muito feliz e honrada com essa premiação. Foi uma surpresa maravilhosa. Nunca pensei em ser uma referência LGBTQ+, mas hoje sei da importância em dar visibilidade a toda comunidade. Sonho com o dia em que teremos um mundo com mais oportunidades para todos, independente das diferenças”, comentou Pabllo.

A drag queen acabou se emocionando ao falar da dificuldade de ser LGBTQ+ no Brasil por conta do preconceito. "No Brasil não é fácil, mas eu sigo caminhando...", disse em lágrimas e continuou: "Eu realizei meus sonhos, então nunca desistam", disse soluçando e sendo ovacionada pelo público.

Fonte: Notícias ao Minuto

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium