Domingo, 18 de agosto de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Geral - Recomendação

Postada em 13/01/2018 ás 08h01

Publicada por: Bruna Sampaio

Ministério Público recomenda correção de irregularidades em concurso da UESPI
O Promotor de Justiça explica que o resultado do deferimento ou não das inscrições apresentadas pelos interessados foi publicada sem a devida especificação dos motivos.
Ministério Público recomenda correção de irregularidades em concurso da UESPI

Foto: Divulgação/Uespi

A 44ª Promotoria de Justiça de Teresina, do Núcleo da Fazenda Pública, expediu recomendação dirigida ao Governador do Estado do Piauí, ao Reitor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), ao presidente do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE) e à Presidente da Comissão Geral do Concurso Público para Docente Efetivo, para que sejam suspensos os prazos constantes no Edital nº 001/2017-UESPI, de modo que sejam corrigidas irregularidades verificadas no decorrer do certame.

O Promotor de Justiça Hugo de Sousa Cardoso explica que o resultado do deferimento ou não das inscrições apresentadas pelos interessados foi publicada sem a devida especificação dos motivos. “A publicação da lista de inscrições indeferidas sem os respectivos motivos do indeferimento viola o Decreto Estadual n. 15.259/2013, que estabelece regras gerais para a realização de concursos públicos no âmbito do Estado do Piauí, segundo o qual o candidato terá o direito de conhecer as razões de sua reprovação em qualquer das provas e etapas do concurso, sendo-lhe permitida a apresentação de recursos”, esclarece o representante do Ministério Público.

 Hugo Cardoso chama atenção, ainda, para a exiguidade do prazo reservado à apresentação de recursos: apenas dois dias. “Tal prazo, aliado à falta de clareza quanto aos motivos dos indeferimentos, impossibilita aos candidatos o exercício do direito à recorribilidade das decisões”, pontua. Assim, o Ministério Público Estadual também recomendou a reabertura do período para recurso quanto aos indeferimentos das inscrições, após a devida divulgação dos fundamentos de cada negativa.

Foi estabelecido o prazo de cinco dias para que os destinatários da recomendação transmitam informações acerca das providências tomadas.

Fonte: MPPI

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Prefeitura de Lagoinha realiza confraternização em homenagem aos pais

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Trio capturado e arma de fogo apreendida pela Força Tática/Timon

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

BENEDITINOS: SEMEC realiza linda festa para os Pais

Cajueiro da Praia Por Gilmar Araujo

Jucepi e Prefeitura de Cajueiro da Praia restabelecem parceria da Redesim

Campo Largo-PI Por Roberto Freitas

Atlético Vermelhense vence São José e está na final do Campolargoense 2019

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium