Sexta, 15 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

29°

25° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
Educação Levantamento
15/01/2018 09h05 Atualizada há 4 anos
Por: Bruna Dias

IFPI está entre as instituições públicas que lideram nota do Enem

O desempenho dos alunos de ensino médio de institutos federais no Enem 2016 colocou unidades da rede no topo das escolas públicas em 14 Estados. O Instituto Federal do Piauí (IFPI) está entre elas, segundo levantamento da Folha de São Paulo.

Apesar de representarem uma elite da escola pública de ensino médio, referência em educação técnica, os institutos têm sofrido com queda de orçamento. Representantes das instituições reclamam de impactos negativos, como cancelamentos de projetos e sucateamento de infraestrutura. Há 36 unidades fechadas por falta de dinheiro. Recursos para investimentos (obras e compra de equipamentos) recuaram 61% de 2015 a 2017.

Foto: Lucas Dias/GP1
Foto: Lucas Dias/GP1

Os institutos federais registraram média 564,93 no Exame Nacional do Ensino Médio de 2016, segundo tabulação da Folha a partir de dados do MEC (Ministério da Educação), apenas 3% abaixo da rede privada (580,93).

COMO FOI FEITO O LEVANTAMENTO

Origem dos dados

A Folha tabulou os dados brutos do Enem 2016, divulgados pelo Ministério da Educação; só foram incluídos candidatos que não faltaram ou zeraram em nenhuma das provas objetivas.

Foram consideradas

Escolas com pelo menos 61 estudantes no 3º ano do ensino médio, porque esse grupo se aproxima mais do universo de escolas brasileiras.

 Foram excluídas

Escolas com menos de dez estudantes do 3º ano no exame e/ou com menos de 50% do total de seus alunos na prova, seguindo critério adotado pelo MEC em anos anteriores.

OUTRO LADO

Apesar da queda de orçamento dos institutos federais, o MEC (Ministério da Educação) afirmou que garantiu, nos últimos dois anos, a liberação de 100% dos recursos previstos no orçamento para custeio da rede. Essa parte do orçamento é voltada para os gastos fixos. Com relação aos valores de investimento, que tiveram queda de 61%, o MEC afirma, em nota, que não há "lógica" em falar em redução.

Veja os institutos que estão no topo:

Fonte: Folha
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp