Sábado, 25 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

23°

21° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 municípios
R10 municípios Redação do Portal R10 / Equipe R10 Municípios
Cidades Floriano
05/12/2019 08h21 Atualizada há 3 anos
Por: Ilizianny de Carvalho

Aluna da Escola Municipal Antônio Nivaldo é destaque na OBMEP 2019

Rebeca Bastos de Negreiros Brito, de 13 anos, é medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP 2019. A estudante do 7º ano da Escola Municipal Antônio Nivaldo recebeu nesta manhã (4), pelas mãos do secretário de Educação, Joab Curvina e de toda sua equipe, uma simbólica medalha e um kit escolar, como reconhecimento pelo excelente desempenho.

“Estamos muito felizes com esta conquista, somos a única escola de Floriano a conquistar uma medalha na OBMEP, Rebeca é um exemplo de que todos são capazes de realizar seus sonhos”, disse Joab. Em seu discurso, a diretora, Silvana Rodrigues, afirmou que é um orgulho receber uma honraria como esta. “Nossa escola se destaca nacionalmente, graças ao preparo contínuo no ensino da matemática e o empenho da nossa aluna bronze”, completou.

Foto: Secom
Foto: Secom

Para esta grande conquista, Rebeca Bastos percorreu um caminho de preparação que garantiu ser um dos destaques entre 18.158.775 estudantes inscritos para a 1ª fase da 15ª edição da OBMEP, reunindo escolas públicas e privadas de todo Brasil, por meio de uma prova de 20 questões objetivas. Desse total, 949.240 alunos foram classificados para a 2ª fase, que ocorreu no dia 28 de setembro, após vencerem uma prova subjetiva.

“Foi uma grande surpresa porque eu não imaginava que fosse ganhar. Saber que eu consegui me destacar entre alunos de todo Brasil, isso significa muito para mim. Fiquei muito feliz, emocionada. Durante todo esse tempo recebi o incentivo da escola, dos professores, da minha família, dedico essa vitória a todos eles”, disse Rebeca.

Porém, para a professora de matemática Regislândia Guimarães não foi uma surpresa. Ela conta que Rebeca aprende o conteúdo com muita facilidade. “Ela é muito boa em resolver problemas e buscar soluções, ela sempre tem uma maneira diferenciada de resolver algum cálculo matemático. Trabalhamos durante todo o primeiro semestre através de simulados, com questões contextualizadas, de raciocínio e ela sempre se saia muito bem”, afirmou.

No Piauí, as escolas públicas obtiveram 11 medalhas de ouro, 35 medalhas de prata e 74 medalhas de bronze, além de 822 menções honrosas. Em Floriano, a Escola Municipal Antônio Nivaldo foi a única a receber uma medalha, além de quatro menções honrosas pelas Escolas Municipais: Getúlio Vargas, Padre Pedro Barroso, Alexandre Nunes de Almeida e Raimundinha Carvalho.

A aluna do 7º ano também ganhou uma bolsa de preparação do PIC – Programa de Iniciação Científica da OBMEP, um presente para a jovem Rebeca, que apesar de ser dona de um tom de voz tímido, possui uma personalidade decidida e sabedora do que deseja para o futuro: seguir os caminhos da matemática. “É o que eu quero para a minha vida, vou buscar me preparar ainda mais para quem sabe conseguir o ouro nas Olimpíadas do próximo ano. Sou apaixonada pela matemática e um dia me tornarei uma engenheira”.

“Ela é um orgulho para todos nós que fazemos a educação municipal, significa que o trabalho desenvolvido na Escola Antônio Nivaldo está gerando ótimos resultados e nos colocando no caminho certo”, concluiu a professora Regislândia.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp