Sábado, 25 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

27°

22° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 municípios
R10 municípios Redação do Portal R10 / Equipe R10 Municípios
Cidades Floriano
05/12/2019 08h53
Por: Ilizianny de Carvalho

Reunião firma novo acordo para estacionamento de transporte alternativo

Quem precisa trafegar pelo centro da cidade de Floriano se depara com um problema rotineiro. As vagas de estacionamento que poderiam ser utilizadas por condutores que vão resolver alguma urgência, ocupadas por vans ou micro-ônibus. São motoristas que se deslocam quase 200km de distância de suas cidades e fazem o transporte alternativo de milhares de passageiros que encontram em Floriano, cidade-polo da região Sul, uma alternativa para tratar demandas ligadas ao comércio, saúde e educação.

Para tentar resolver esse impasse, a Superintendência Municipal de Trânsito (SUTRAN) reuniu na manhã desta quarta-feira (04), motoristas do transporte alternativo que fazem linha para Floriano. Participaram da reunião condutores de Oeiras, Marcos Parente, Jerumenha, Uruçuí e até do estado do Maranhão, como São João dos Patos e pelo menos mais dez cidades do sul do Piauí.

Foto: Secom
Foto: Secom

Segundo o Superintendente de Trânsito, Carlos Eduardo Kalume, a classe está disposta a encontrar uma solução na qual todos saiam ganhando, mas a população que utiliza o transporte alternativo, que vem de outras cidades e da zona rural e os condutores que trafegam pelo centro de Floriano é que precisam ser os maiores beneficiados. “Foi uma conversa produtiva onde todos ouviram e falaram. E nós estipulamos um prazo para readequação do estacionamento desses veículos”, disse o superintendente. Os condutores de vans terão o prazo de dez dias para se organizar à nova realidade, ou seja, fica proibido o estacionamento nas áreas centrais e de maior fluxo da cidade.

A secretária de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Floriano, Jaqueline Monteiro, também participou da reunião e lembrou da importância do transporte alternativo para a atividade econômica do município. “Nós queremos melhorar o serviço. São milhares de pessoas que aquecem nossa economia e temos a possibilidade de melhorar a maneira como se deslocam nessas áreas, sem atrapalhar a vida de quem já mora na cidade. Sempre existe uma solução e quem vai ganhar com isso somos todos nós”, disse Jaqueline.

Essas áreas, segundo a SUTRAN, são o entorno da praça Dr. Sebastião Martins, a praça Coronel Borges e o cruzamento da Avenida Bucar Neto com a Rua Luís Ribeiro, esquina do Mercado Público Central.

Estacionamento em fila dupla

Outro ponto que a Superintendência de Transito chama atenção é referente aos motoristas que estacionam em fila dupla nas ruas de Floriano. Conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), essa é uma infração grave e sua prática resulta em multa e pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e ainda a remoção do veículo. “Alguns condutores param no local, mas não demoram muito. Outros ficam por vários minutos atrapalhando o trânsito, então é aí que a fiscalização precisa agir”, justifica Carlos Eduardo Kalume.
Nesse período de dez dias, o órgão fiscalizador do trânsito de Floriano fará um levantamento de locais onde podem ser instituídos pontos de embarque e desembarque. Hoje, o Complexo Cultural e Econômico do Cruzeiro tem estrutura completa para receber essa demanda e é, oficialmente, o local designado pelo poder executivo municipal para o embarque e desembarque de passageiros.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp