Segunda, 24 de fevereiro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
unnamed
[email protected]
86 9 9834-2372
Curiosidades

Curiosidades

Curiosidades Coluna de notícias curiosas.

[email protected]

86 9 9834-2372

Geral - Bizarro

Postada em 13/12/2019 ás 16h07

Publicada por: Bruna Sampaio

Milhares de 'peixes-pênis' são encontrados em praia
Os peixe-pênis vivem por até 25 anos. Eles são criaturas inofensivas e passivas.
Milhares de 'peixes-pênis' são encontrados em praia

Foto: Kate Montana/Divulgação/Creative Commons

Milhares de “peixes-pênis” foram encontrados na praia de Drakes Beach, Califórnia, em 6 de dezembro, depois de uma tempestade na região. O mesmo fenômeno já ocorreu em anos anteriores em outras praias da costa oeste norte-americana.

“Peixes-pênis”, também conhecidos como "verme gordo hospedeiro", é um tipo de verme marinho invertebrado. Eles vivem em tocas cavadas no formato de "U" em solos lamacentos e arenosos do fundo do mar. Como o seu nome sugere, se parecem com um pênis de cor avermelhada. A cauda serve tanto para locomoção como para fixação e alimentação.

Os especialistas dizem que essas criaturas são arrastadas para a praia quando ocorrem fortes tempestades. Fora de suas tocas, contudo, os peixe-pênis se tornam presas fáceis para lontras, gaivotas, tubarões e até seres humanos, já que esses vermes podem ser consumidos.

O nome de “vermes hospedeiros” vem do fato de que suas tocas são apenas um lar temporário e, quando abandonam esses buracos, eles são usados por outras criaturas subaquáticas. Apesar de serem pequenos, não tendo mais que 20 cm, as tocas cavadas pelos peixes-pênis podem ter vários metros de profundidade.

Os peixe-pênis vivem por até 25 anos. Eles são criaturas inofensivas e passivas. Elas se alimentam de bactérias, plâncton e outras partículas menores, que são capturadas por uma espécie de rede gosmenta produzida pelo próprio peixe-pênis quando quer se alimentar.

“Verme gordo hospedeiro”

O nome científico do peixe-pênis é Urechis caupo. Evidências fósseis mostram que sua existência data de 300 milhões de anos.

Existem apenas quatro espécies de Urechis caupo em todo o mundo. Além dos Estados Unidos, elas podem ser encontradas no Japão, Coréia do Sul e China.

Fonte: G1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium