Sábado, 18 de janeiro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(86) 98111-9939
R10 Pet

R10 Pet

R10 Pet Tudo sobre o mundo dos pets.

[email protected]

(86) 98111-9939

Geral - Cuidados caninos

Postada em 14/12/2019 ás 11h43 - atualizada em 14/12/2019 ás 12h18

Publicada por: Marina Sousa

Técnica acalma pets durante os fogos de artifícios do réveillon
O temor do cachorro é desencadeado pelo alto volume das explosões.
Técnica acalma pets durante os fogos de artifícios do réveillon

Foto: Reprodução

Tremedeira, choro, latido e agitação: é bastante comum que os animais de estimação, como os cães, apresentem esse tipo de comportamento em época de fogos de artifícios. Embora fogos marquem as mais diversas celebrações e encham os olhos com a sua beleza, muitos cães não curtem como a gente. E o que era para ser uma noite agradável, acaba sendo uma tortura para eles – e para nós também.

Por que cachorro tem medo de fogos?

Antes de saber o que fazer, é importante entender a raiz do problema. O temor do cachorro com medo de fogos é desencadeado pelo alto volume das explosões e pelo brilho das luzes. Para aqueles que tiveram pouco contato com diferentes sons, a aversão pelo desconhecido tende a ser pior ainda. Muitas vezes, esse medo começa quando ainda são filhotes.

Vale ressaltar ainda que não importa a raça, porte ou tamanho, todos eles podem se amedrontar. As principais razões que explicam por que cachorro tem medo de fogos são barulho, ameaça, algo desconhecido, gatilho de estresse e a genética, pois alguns cães possuem ma pré-disposição a serem mais medrosos.

Como acalmar cachorro com medo de fogos

A primeira dica para acalmar o cachorro com medo de fogos é ficar calmo e encarar a situação numa boa. Lembre-se que eles são capazes de te sentir. Ou seja, nada de pânico ou estresse para não aumentar o temor dele. Então, abra o seu champanhe e passe a mensagem para o seu amigo de quatro patas que está tudo bem.

As suas ações também devem ser somente positivas. Diante de um cachorro com medo de fogos, qualquer ato negativo só irá piorar a situação. Por isso, não o obrigue a fazer nada que não queira e não o reprima. Permita que ele faça o que o deixa mais confortável, como se esconder, por exemplo.

Uma ótima saída para contornar a questão é entreter o cachorro com medo de fogos. Faça carinho, use brinquedos e petiscos durante a ocasião. Nessas horas, vale apelar para aquelas comidinhas especiais ou que requerem mais tempo para mastigar. Ou então, coloque o cachorro com medo de fogos em uma área segura, como um quarto ou uma sala com portas e janelas fechadas, inclusive cortinas. Isso ajudará a diminuir o barulho e o brilho da luz.

Faixa para cachorro com medo de fogos

Você já ouviu falar na faixa para cachorro com medo de fogos? Conhecida como Tellington Touch (TTouch), a técnica consiste em passar uma atadura em alguns pontos do corpo do seu cãozinho para que ele se sinta mais seguro. As compressões nesses lugares específicos funcionam como uma espécie de terapia. Além de acalmar o cachorro com medo de fogos, ainda o distrai do problema.

Para essa solução, você pode usar uma faixa, bandagem ou um pano, posicionando conforme mostra a imagem.

Atente-se em deixar a faixa firme. É isso que irá fazer o cachorro com medo de fogos se sentir mais seguro. Deixá-la frouxa não traz resultados. E tome cuidado para não apertar demais para evitar riscos à circulação sanguínea do animal. E quando der o nó, deixe-o na lateral do corpo do cãozinho, nunca sobre a coluna.

Fonte: Novo Dia

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium