Quinta, 17 de janeiro de 2019
(86) 99915-1055
Desk Propaganda
Geral - Tragédia

Postada em 19/01/2018 ás 08h09 - atualizada em 19/01/2018 ás 08h19

Publicada por: Bruna Dias

Motorista atropela 16 pedestres e mata bebê de oito meses
Maria Louise, a bebê que morreu no atropelamento, passeava com a mãe, Niedja da Silva Araújo, e com a avó.
Motorista atropela 16 pedestres e mata bebê de oito meses

Foto: Ian Cheibub/AGIF/Estadão Conteúdo

Um motorista atropelou pedestres ao invadir o calçadão e a praia Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, na noite desta quinta-feira (18). Um bebê de 8 meses morreu e outras 16 pessoas ficaram feridas.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, das 16 vítimas, nove com ferimentos mais graves foram levadas para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul da Cidade. Destas, três receberam alta na madrugada desta sexta-feira (19) e seis permaneciam internadas, uma delas em estado grave. As outras sete pessoas feridas foram socorridas no Hospital Souza Aguiar, todas com ferimentos mais leves, incluindo a mãe do bebê que morreu.

A vítima em estado grave é um turista australiano, segundo a Secretaria de Saúde. O homem, de 68 anos, e que não teve a identidade informada, sofreu traumatismo craniano e respira com ajuda de aparelhos.

O motorista foi detido e identificado como Antonio de Almeida Anaquim, de 41 anos. Ele foi levado para a 12ª DP, em Copacabana, e disse que perdeu o controle do carro porque "apagou" após sofrer um ataque epilético.

De acordo com o Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ), Anaquim está com a carteira de habilitação suspensa. Ele acumula 62 pontos por infrações e 14 multas nos últimos 5 anos.

O motorista foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) onde foi submetido a exame de alcoolemia. A perícia encontrou remédios para epilepsia no carro que ele dirigia. No momento do acidente, Anaquim estava acompanhado de uma mulher que, segundo a polícia, fugiu do local. Depois, ela se apresentou na delegacia e disse que saiu do local do atropelamento porque ficou assustado. Ainda segundo a polícia, a mulher confirmou em depoimento que o motorista sofreu um ataque epilético.

Maria Louise, a bebê que morreu no atropelamento, passeava com a mãe, Niedja da Silva Araújo, e com a avó, que mora no Recife. O pai, o motorista Darlan Rocha, foi à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Copacabana e pediu a prisão do motorista.

Fotos: Ian Cheibub/Agif/Estadão Conteúdo e José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

Fonte: G1

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Buriti dos Lopes Por Rurik Araújo

Cadela é executada com um tiro na cabeça na porta de casa; assista o vídeo

Oeiras Por Thainah Cortez

Oeiras concede reajuste acima do piso nacional para professores pelo 2º ano

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Saúde de Lagoinha do Piauí da continuidade ao atendimento do ano letivo

Floriano Por Ilizianny de Carvalho

Reunião discute alto índice de demandas judiciais de medicamentos

São Gonçalo do Piauí Por Francisco Myller

Escola da Rede Municipal de São Gonçalo do Piauí aprova alunos para o IFPI.

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium