Sexta, 28 de Janeiro de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

28°

22° 30°

Teresina - PI

Últimas notícias
Radar Político
Radar Político
Últimas notícias, entrevistas, reportagens e análises sobre o que acontece na política.
Geral Após investigação
17/12/2019 17h31 Atualizada há 2 anos
Por: Geysa Silva

Polícia Federal prende dois ex-prefeitos por desvio de verbas

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (17) os ex-prefeitos Nilmar Valente (de Canto do Buriti) e Benjamim Valente (de Tamboril do PI). Os mandados de prisão contra os ex-gestores foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal 1ª Região.

Nilmar e Benjamim vinham sendo investigados sob a suspeita de desvio de recursos de verbas destinadas ao Programa Saúde da Família do Ministério da Saúde entre os anos de 2005 e 2008.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os ex-gestores, que são irmãos, se apresentaram de forma espontânea na sede da Polícia Federal, na zona leste de Teresina. Eles foram condenados à pena de 13 anos, 9 meses e 15 dias de reclusão, em regime inicialmente fechado.

Sobre o caso

A investigação mira o município de Tamboril do Piauí, na gestão de Benjamim Valente Filho, que teria contratado os irmãos Nilmar Valente e Valdimar da Silva Valente para atuar como médico e odontólogo, respectivamente, do Programa de Saúde da Família do município.

No mesmo período, 2005 a 2008, os dois exerciam as funções de prefeito e secretário de saúde do município vizinho Canto do Buriti.

Os desvios somam um grande montante. Ao ex-prefeito Nilmar Valente teriam sido repassadas 35 parcelas de R$ 6.300 reais e ao outro irmão, Valdinar da Silva Valente, 24 pagamentos de R$ 2.550,00.

O Ministério Público entendeu que, “o dinheiro federal repassado ao município de Tamboril do Piauí, não poderia, de forma alguma, ser empregado por Benjamin para contratar os supostos serviços médicos e odontólogos de seus irmãos, inclusive, com suposto atendimento em outro município”, explica a procuradora regional da República Raquel Branquinho.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp