Quinta, 13 de agosto de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Camanha ProPiauí Julho
[email protected]
86 9 9834-2372
Oeiras

Oeiras

R10 municípios Correspondente do município.

[email protected]

86 9 9834-2372

Cidades - Saúde pública

Postada em 18/12/2019 ás 09h44

Publicada por: Marina Sousa

Oeiras inaugura primeiro Centro de Castração de Cães e Gatos do Piauí
Iniciativa da Prefeitura Municipal conta com a parceria do IFPI e Oeirenses Protetores dos Animais.
Oeiras inaugura primeiro Centro de Castração de Cães e Gatos do Piauí

Foto: Divulgação

Referência em investimento na saúde pública, Oeiras é a primeira cidade do Piauí e uma das primeiras do Brasil a implantar um Centro de Castração de Cães e Gatos. O espaço foi inaugurado no final da tarde desta segunda-feira, 16, pelo prefeito José Raimundo e a secretária municipal de Saúde, Auridene Freitas. A iniciativa da Prefeitura Municipal conta com a parceria do Instituto Federal do Piauí (IFPI) e da organização não-governamental, Oeirenses Protetores dos Animais (OPA).

A castração faz parte das ações de controle populacional de animais de rua e prevenção de riscos à saúde pública, desenvolvidas pela gestão municipal como forma de contribuir para a redução da transmissão de doenças à população. “É um momento ímpar para o município de Oeiras, porque quando nós buscamos nosso Plano Municipal de Saúde observamos claramente as reivindicações e solicitações da comunidade, no que diz respeito a este olhar também para os cães e gatos.

A sociedade buscava não apenas o olhar para a saúde humana, mas também a necessidade termos no nosso município um Centro de Zoonoses. E, juntamente com o IFPI e a ONG, sentamos e fizemos um alinhamento para termos, dentro de um passo inicial esse Centro de Castração de Cães e Gatos. A contribuição desse espaço para o município de Oeiras é muito grande, porque nós estamos cuidando da saúde não apenas dos cães e dos gatos, mas também da saúde do cidadão oeirense”, argumenta a secretária municipal de Saúde.

“A proposta é trabalhar a castração no sentido de controlar o quantitativo de animais abandonados no perímetro urbano. Vamos trabalhar várias campanhas educativas dentro município de Oeiras, através da equipe de médicos veterinários que temos nesse espaço, em parceria com os profissionais do IFPI e os Agentes de Combate às Endemias, que estarão buscando os animais onde eles estão mais concentrados”, acrescenta Auridene Freitas.

A inauguração teve a presença da equipe de Agentes de Combate às Endemias do município, de veterinários, do presidente do Conselho Regional de Medina Veterinária do Piauí, Anísio Neto; e de um representante do Centro de Zoonoses de Teresina, autoridades no assunto, que estiveram em Oeiras conhecendo de perto o Centro de Castração – que já nasce sendo modelo para outras cidades.

O presidente do Conselho Regional de Medina Veterinária do Piauí reforça que o Centro de Castração de Oeiras é o primeiro inaugurado no Estado do Piauí e o segundo no Brasil. “O Centro de Castração leva a construção de uma saúde animal, não só no controle populacional, mas também na parte clínica. Isso é um elemento fundamental para a construção da saúde única. Quando nós temos ações de orientação da questão ambiental, ações de monitoramento e tratamento da saúde humana e onde há um direcionamento de um órgão que vai tratar a saúde animal temos a saúde única consolidada. Oeiras dá esse exemplo. O Centro de Castração será o elo entre os cidadãos e a saúde animal, promovendo com isso uma saúde única no município de Oeiras”, poderá Anísio Neto.

O prefeito José Raimundo afirma que a instalação do Centro de Castração é o projeto inicial das ações do município voltadas para a promoção da saúde e bem-estar animal. “Em 2020, construiremos o Centro de Controle de Zoonoses, obra que já tem recursos assegurados, através de emenda parlamentar do deputado federal, Átila Lira”, adianta o gestor.

Centro fará 30 castrações por mês

O Centro de Castração de Cães e Gatos conta com salas de pré e pós-operatório e um centro cirúrgico destinado à castração gratuita dos animais. No espaço serão realizadas, inicialmente, 30 cirurgias por mês e a prioridade será o controle reprodutivo de animais de áreas de risco sanitário e de vulnerabilidade social.

“Fizemos o planejamento para atender 30 animais, por mês. Quando atingir a cota daquele mês, iremos ao cadastro de reserva. À medida que for pegando ritmo a tendência é aumentar essa quantidade. Mas, a princípio, são 30 castrações, com os veterinários Etelvina Nunes e João Mendes. As veterinárias Juliana Costa e Lays ficarão responsáveis pela inscrição e cadastramento das pessoas, além da triagem dos animais. São elas que farão o exame clínico do animal e liberar para a cirurgia”, explica a professora Gabriela Belo, do IFPI.

Em janeiro será lançado o edital que abrirá inscrições para as castrações. “A Prefeitura cedeu o espaço, montou com toda instrumentação e medicamentos, dentro dos padrões do Conselho Regional de Medina Veterinária e o Instituto entrou com a parceria dos dois veterinários, que serão voluntários para realizar as castrações. Em janeiro será lançado um edital para que as pessoas de baixa renda se inscrevam aqui mesmo no local. Para as pessoas que comprovarem baixa renda serão castrados até dois animais por CPF”, acrescenta a professora.

Fonte: Prefeitura de Oeiras

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium