Domingo, 26 de janeiro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(86) 99915-1055
Saúde

Saúde

Saúde é vida Encontre aqui notícias sobre saúde e bem-estar.

[email protected]

(86) 99915-1055

Saúde - Bebeu demais?

Postada em 30/12/2019 ás 16h07

Publicada por: Bruna Sampaio

Conheça 7 alimentos para ‘curar a ressaca’
Depois de beber, é importante se manter hidratado.
 Conheça 7 alimentos para ‘curar a ressaca’

Foto divulgação

A forma como nos alimentamos tem grande impacto na reação de nosso corpo após o consumo de bebidas alcoólicas. Manter uma alimentação saudável e ingerir determinados alimentos antes do álcool pode evitar que a substância seja metabolizada rapidamente pelo corpo, causando a famosa "ressaca".

1 - Sucos
Foto: shutterstock/Billion Photos
Foto: shutterstock/Billion Photos

Os sucos, em geral, podem amenizar os efeitos da ressaca, pelos mesmos motivos da água: eles ajudam o indivíduo a se manter hidratado, evitando o mal-estar comum no dia posterior à bebedeira. Sucos como o de beterraba, por exemplo, podem favorecer o fígado, órgão importante na desintoxicação pós-álcool. Já os sucos de acerola, limão e laranja também auxiliam no bem-estar, porque fornecem antioxidantes protetores do corpo e vitamina C.

Além da hidratação, os carboidratos presentes nos sucos também costumam ser associados à manutenção dos níveis de glicose no sangue, que podem ser reduzidos pelo efeito do álcool. Alguns exemplos de sucos indicados são os de abacaxi, melancia, melão, maçã e morango

2 - Frutas e vegetais
Foto: shutterstock/Alexander Raths
Foto: shutterstock/Alexander Raths

De acordo com a nutricionista Fabiana Honda, incluir alimentos de fácil digestão no cardápio é importante para não ?irritar? ainda mais o organismo. Por isso, frutas e vegetais são opções benéficas depois do consumo de bebidas alcoólicas.

Folhas de mostarda e brotos ajudam a desintoxicar o fígado. Dessa forma, no dia seguinte à bebedeira, essas verduras também são recomendadas para consumo.

3 - Pão e biscoito de água e sal
Foto: shutterstock/BigBlueStudio
Foto: shutterstock/BigBlueStudio

O consumo de álcool irrita a mucosa estomacal e eleva a acidez no órgão. Por isso, ingerir alimentos secos e salgados, como pães e biscoitos, pode diminuir os efeitos da ressaca, uma vez que esse tipo de comida desacelera a produção do ácido estomacal.

A nutricionista Fabiana Honda aponta que outro motivo pelo qual esses alimentos são indicados é a energia que fornecem ao fígado, responsável por processar as toxinas do excesso de álcool no corpo.

4 - Chás
Foto: shutterstock/Zadorozhnyi Viktor
Foto: shutterstock/Zadorozhnyi Viktor

Chás de salsaparrilha, erva-picão, macela e erva-cidreira têm grande potencial para limpar o corpo das toxinas do álcool. Isso porque as ervas podem ajudar a renovar as células hepáticas, relevantes para o processo de desintoxicação no corpo. Assim, consumir algum chá herbal também é uma alternativa que ajuda a evitar os efeitos da ressaca

5 - Água de coco e bebidas isotônicas
Foto: shutterstock/Here Asia
Foto: shutterstock/Here Asia

Água de coco e bebidas isotônicas também podem ser aliados do corpo após o consumo de álcool, porque a desidratação é o principal fator de alerta durante a ressaca, de acordo com a nutricionista Roberta Stella.

Outro ponto positivo do consumo da água de coco e dos isotônicos é que eles repõem sais minerais perdidos durante o consumo de alcoólicos. Ademais, a sensação gelada dos líquidos ajuda a amenizar a sensação de mal-estar.

6 - Sopas
Foto: shutterstock/Djomas
Foto: shutterstock/Djomas

As sopas são recomendadas em muitas situações de recuperação do corpo - e a ressaca é uma delas. De acordo com a nutricionista Roberta Stella, esse grupo alimentar tem fácil digestão e é leve para o estômago, sendo uma excelente opção para quem bebeu demais.

7- Água
Foto: shutterstock/New Africa
Foto: shutterstock/New Africa

Um dos maiores problemas causados pelo consumo excessivo de álcool é a desidratação, considerado um sintoma potencial da ressaca. Isso porque o álcool estimula a diurese, ou seja, a produção de urina a níveis muito altos, mesmo com pouca ingestão de água.

Por conta disso, beber água, tanto durante quanto depois do consumo de bebidas, é uma forma de reduzir os impactos causados pela desidratação alcoólica, como sonolência, dores de cabeça e tontura.

 

Fonte: Minha vida

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium