Quinta, 20 de fevereiro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
unnamed
[email protected]
86 99925-4705
Brasileira

Brasileira

Giva Ferreira Correspondente do município de Brasileira.

[email protected]

86 99925-4705

Cidades - Eleições 2020

Postada em 02/01/2020 ás 19h04

Publicada por: Giva Ferreira

Eleições 2020: Veja como está o atual cenário político em Brasileira
A atual prefeita Carmen Gean confimou sua pré-candidatura a reeleição. Oposição segue no diálogo
Eleições 2020: Veja como está o atual cenário político em Brasileira

Brasileira já respira o clima das eleições municipais deste ano

Desde sua emancipação,  Brasileira enfrenta acirradas e calorosas disputas eleitorais protagonizadas em sua maioria por duas alas políticas que foram mudando de configuração ao longo dos anos.    A primeira eleição ocorrida em 1992 com três candidaturas na disputa,  trouxe um fato histórico com a chegada do médico veterinário Francisco de Assis Amado Costa (Chico Amado), filho do saudoso Almiro Mendes da Costa que por  muitos anos militou na política brasileirense, desbancando na disputa as fortes lideranças da época Antonio Espedito Siqueira (atualmente exerce o cargo de Vereador pelo DEM) e Norberta Ramos de Meneses (Dona Beta) que por longos anos representaram como vereadores do então povoado Brasileira, pertencente a cidade de Piripiri.   "Drº Chico Amado" venceu a primeira eleição de Brasileira pelo PDS, tendo como vice-prefeita Cléa Pimentel (atualmente exerce o cargo de Vereadora) e até o ano de  2012 havia um revezamento de mandatos entre Drº Chico Amado e Messias Filho onde ambos foram beneficiados com a chegada da reeleição  instituída em 1998, mas com algumas alterações  na disputa no ano de 2008 com a candidatura do então vereador Amarildo Melo que puxou uma terceira via contra Amado que disputou a reeleição e Messias Filho tentava  um novo mandato.    Nesta ocasião venceu Chico Amado que teve como Vice o líder político Wilson Aguiar, que em 2012 tornou-se o primeiro prefeito fora das vias tradicionais, ocupando o cargo após a cassação de Chico Amado por infidelidade partidária.   Nas eleições de 2012 novos fatos surgiram com a chegada do empresário Zé Filho (PSB)  e da advogada Carmen Gean (PP). Zé Filho era a grande novidade política da época, sacudindo o cenário político local e Carmen Gean entrou na disputa com o impedimento da candidatura  do esposo Messias Filho por questões judiciais.    Zé Filho apesar de ser o novo,  não pôde seguir em frente com a candidatura que também foi barrada por questões judiciais e nos últimos momentos daquele pleito foi substituído pela esposa Paula Araújo, sendo a primeira mulher a assumir a prefeitura de Brasileira indo pra reeleição em 2016 enfrentando novamente a advogada Carmen Gean. Paula Araújo venceu a eleição com a diferença de 8 votos. Amarildo Melo foi o vice de Paula nos dois mandatos e Patrícia Pimentel, vice de Carmen.   Eleições Suplementares A prefeita Paula Araujo em seu segundo mandato, enfrentou vários pedidos de Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) todos impetrados pela advogada Carmen Gean que advogou em causa própria em todos eles. Em 2019 o Tribunal Regional Eleitoral cassou os mandatos de Paula e Amarildo numa destas AIME's determinando em seguida, o afastamento dos gestores, anunciando em tempo hábil a  eleição suplementar realizada em agosto de 2019.   A eleição foi disputada entre o Presidente da Câmara Alan Juciê (PSD), que assumiu o comando do município interinamente, foi candidato a vice de Alan o Vereador Richardson Meneses,  contra a advogada Carmen Gean (PP) que venceu a disputa com 51,84% dos votos válidos, sua vice Patrícia Pimentel (PP). Alan obteve 48,16%.   Como está o cenário atual para as eleições municipais de 2020? Ao assumir o comando da Prefeitura de Brasileira no dia 30 de agosto de 2019, Carmen Gean, quebra um ciclo de 16 anos de oposição. Logo nos primeiros dias como situação, Carmen enfrentou sua primeira crise de governo com o rompimento da vice-prefeita Patrícia Pimentel que segue até o momento como opositora à sua companheira de chapa mas sinalizando conversas com a nova oposição.   Nossa reportagem entrou em contato com a Prefeita Carmen Gean (PP) e numa rápida conversa a gestora confirmou sua pré-candidatura a reeleição neste ano. "Estamos em mandato curto e precisamos de mais tempo para desenvolver melhor nosso projeto administrativo para Brasileira". Disse Carmen.   Procuramos o Presidente da Câmara Vereador Alan Juciê (PSD) que é considerado líder da oposição por ter disputado a eleição suplementar para saber seu posicionamento. Segundo  Alan Juciê o grupo de oposição está em constante diálogo para definição dos nomes que disputarão as eleições deste ano mas não confirmou sua pré-candidatura, mesmo sendo alardeado pela cidade pelos seus principais aliados.   Já estiveram a frente da Prefeitura de Brasileira: 1992 - Chico Amado - Vice: Clea Pimentel (PDS) 1996: Messias Filho - Vice: Dona Beta 2000: Messias Filho (reeleição) Vice: Espedito Siqueira 2004: Chico Amado - Vice: Alan Juciê 2008: Chico Amado (reeleição) Vice: Wilson Aguiar 2012: Wilson Aguiar, assumiu após a cassação de Chico Amado em agosto de 2012 por infidelidade partidária. 2013: Paula Araújo - Vice-Amarildo Melo 2016: Paula Araújo (reeleição) - Vice: Amarildo Melo 2019: Alan Juciê assumiu interinamente em 14 de maio de 2019 após a cassação dos mandatos de Paula e Amarildo Melo por compra de voto e abuso de poder econômico. 2019: Carmen Gean - Vice: Patrícia Pimentel - Eleitas na eleição suplementar em agosto de 2019.  
O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium