Sábado, 23 de Janeiro de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

22° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
Major Elizete
Major Elizete
Oficial superior da PMPI, especialista em Políticas Sobre Drogas, em Direito Civil e Processo Civil, em Docência do Ensino Superior e em Gestão de Segurança Pública. Doutoranda em Direito. Professora e palestrante. @majorelizete
Geral geral
03/01/2020 09h56
Por: Oficial Major Elizete

Quem quer ser “maria-vai-com-as-outras”?!

PESQUISAS ELEITORAIS

Mal o ano começou e já temos um festival de pesquisas eleitorais, afinal, é ano de eleição!!

Tem para todos os gostos, desde aquelas que enfatizam a predileção, às que apontam a rejeição de pré-candidatos. Em especial, os eventuais candidatos a prefeitos de cada cidade aparecem em manchetes com objetivos bem específicos: influenciar o eleitor!

O interessante é que cada instituto aponta uma tendência…! Por que será?!

Continua depois da publicidade

A grande questão a se considerar é que uma pesquisa, ainda que séria e isenta, reflete, apenas, o momento. Há que se registrar, também, que é muito relativo o resultado, porque depende das variáveis envolvidas, como, por exemplo, o local onde fora aplicada, ou o perfil do entrevistado. Assim, se um pré-candidato X quer um resultado mais favorável a ele, escolhe a região em que é mais bem quisto, ou mais conhecido, pelo menos. 

Enfim, uma pesquisa é boa mesmo é para o próprio contratante, para dar-lhe um diagnóstico da realidade, a fim de contribuir com a melhor estratégia para a campanha. Mas essas que são publicadas em sites e jornais chamando a atenção para um determinado resultado, eu, particularmente, guardo ressalvas .

Ainda bem que, em tempos hodiernos, temos a internet para fazermos nossas próprias pesquisas em relação à credibilidade de alguns institutos, bastando que acessemos os resultados da última eleição. Senão, vejamos: as pesquisas mostravam que o eleito senador Ciro Nogueira estava em 4º lugar; o Silas Freire sempre aparecia entre os 10 mais votados para Deputado Federal e terminou numa suplencia… fora outros nomes que eram apontados como deputados estaduais eleitos!!

Continua depois da publicidade

O bom é que, eu creio, as pessoas estão bem mais esclarecidas e já não se deixam levar tão facilmente por essas artimanhas da velha política. Temos muitas formas de informação chegando gratuitamente em nossos celulares, o que torna um pouco mais fácil a análise desses dados. Claro que devemos ter cuidado com as fake-news, que nos impele a averiguar tudo em outras fontes.

Mas a pesquisa boa mesmo é aquela que fazemos nós mesmos, com amigos e familiares, conversando nas filas, e, aproveitando para saber a opinião das outras pessoas sobre aqueles em que temos uma predisposição em escolher. E o melhor de tudo é que, a cada dia, temos a oportunidade de mudar de ideia, porque ninguém é obrigado a ser “maria-vai-com-as-outras”!

    Veja também
    Desenvolvido por: Lenium®