Quarta, 22 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

28°

23° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
Esportes Morreu em acidente
30/01/2020 10h30 Atualizada há 2 anos
Por: Francine Dutra

Confira curiosidades sobre o astro do basquete Kobe Bryant

A morte de Kobe Bryant em acidente aéreo  consternou os fãs de esporte que o seguiram ao longo de 20 anos de carreira na NBA. Mas o ex-armador do Los Angeles Lakers acumulou muito mais do que cinco títulos na liga profissional norte-americana de basquete e duas medalhas olímpicas de ouro.

Kobe também se destacou em outras áreas além do esporte, como na cultura e em trabalhos sociais. Veja curiosidades a respeito de um dos maiores jogadores de basquete em todos os tempos.

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Oscar

Continua depois da publicidade

O lendário ex-jogador do Los Angeles Lakers ganhou um Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação em 2018 pela produção Dear Basketball. A animação era baseada em um poema que Kobe escreveu e publicou quando decidiu se despedir do basquete.

Música
Quando ainda era um adolescente estava no colegial na Filadélfia, Kobe teve um grupo de rap chamado Cheizaw. Ele e outros amigos chegaram a assinar um contrato com a Sony. Depois, a gravadora quis que apenas Kobe, já um astro em ascensão no basquete não-profissional, continuasse em seu selo. O jogador chegou a lançar um single em 2000 - chamado "K.O.B.E." -, mas não emplacou.

Nome
Kobe Bean Bryant. Pouco usual, o nome do superastro foi dado pelos pais (Joe e Pam) por causa de um famoso bife originário da cidade japonesa de Kobe. Bean, o nome do meio, deu-se por causa do apelido de seu pai, também um ex-jogador, que era conhecido como Joe "Jellybean" Bryant.

Sapateado

Nas finais da NBA em 2000, Kobe lesionou o tornozelo. "Foi a pior lesão de tornozelo na minha vida", escreveu o astro no livro "The Mamba Mentality: How I Play". Para não perder os jogos, fortalecer o tornozelo e se recuperar a tempo dos playoffs, o craque pesquisou e chegou à atividade: sapateado. O estilo de dança, além do fortalecimento muscular, o ajudou a melhorar o ritmo e a velocidade dos pés. "Trabalhei nisso naquela temporada, e isso me beneficiou para o resto da carreira", disse Kobe em seu livro - ele só revelou ter feito sapateado na publicação. Chegou a falar sobre isso numa entrevista ao "Jimmy Kimmel Live", da rede americana ABC, mas apenas após o lançamento do livro. "Por que nunca soubemos isso?", perguntou o apresentador a Kobe. "Bem, isso foi segredo por muitos motivos", brincou Kobe antes de contar o primeiro dia de aula: "Andei pelo estúdio e tinha umas crianças de seis, sete anos. E elas olharam para mim como dizendo: O que você está fazendo aqui querendo aprender sapateado?"

Apoio social

Kobe se associou, ainda durante a carreira de jogador, a projetos sociais e continuou a apoiá-los depois de deixar as quadras. Ele foi embaixador de uma ONG chamada After-School All-Stars, que oferecia atividades fora da escola a crianças em 13 cidades dos EUA. Ele também fez parcerias com o governo da China para levantar fundos para programas educativos e de saúde do país.

Garoto-propaganda

Kobe foi o principal embaixador da Copa do Mundo da China, realizada entre agosto e setembro de 2019 sob a tutela da Fiba (Federação Internacional de Basquete). Coube ao astro conduzir, por exemplo, o sorteio dos grupos do torneio. A presença do lendário ex-jogador dos Lakers não ajudou a seleção norte-americana, que terminou apenas na sétima posição - a Espanha se sagrou campeã.

Único com 2 camisas aposentadas da equipe

Ao ter as camisas 8 e 24 aposentadas pelo Los Angeles Lakers em dezembro de 2017, Kobe Bryant se tornou o único jogador da história da NBA a ter duas camisas retiradas por um mesmo time. Na ocasião, estiveram presentes lendas como Kareem Abdul-Jabbar, Bill Russell, Allen Iverson, Shaquille O'Neal e Magic Johnson.

Fonte: GE
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp