Sábado, 27 de Novembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

31°

24° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Prisão
03/02/2020 10h50 Atualizada há 2 anos
Por: Francine Dutra

PM é preso suspeito de atirar em motorista de aplicativo em Teresina

Na madrugada deste domingo (2) Um cabo da Polícia Militar do Piauí, não identificado, foi preso e teve sua arma apreendida por suspeita de atirar contra um motorista de aplicativo após um acidente trânsito. O caso aconteceu no Bairro Primavera, Zona Norte da capital.

A polícia informou que, de acordo com a vítima, ele estava em seu carro, acompanhando de um outro colega motorista, dirigindo, quando o policial teria colidido seu veículo contra o carro dele. Ainda com informações da polícia, segundo o motorista baleado, o policial teria fugido do local e ele entrou no carro do colega para tentar alcançá-lo.

Foto: Gustavo Miranda
Foto: Gustavo Miranda

A colisão teria ocorrido próximo ao cruzamento da Avenida Duque de Caxias com Avenida União. A “perseguição” seguiu até próximo ao Parque da Cidade, ainda na Avenida Duque de Caxias. Nesse momento, segundo a vítima, o policial teria disparado várias vezes contra o carro, o atingindo na perna.

O rapaz baleado foi conduzido ao hospital e passa bem. Ele passou por um procedimento para retirada do projétil, que ficou alojado na perna, e ainda não tem previsão de alta.

A assessoria da Polícia Militar informou, por meio de nota, que o policial militar foi preso e está mantido no presídio militar. O caso será apurado criminalmente e a corporação abrirá procedimento administrativo.

Leia a íntegra da nota:

Nota à Imprensa

A Polícia Militar do Estado do Piauí informa que a ocorrência de trânsito, no dia 02/02/2020, na Av Duque de Caxias envolvendo um Policial Militar e um Motorista de aplicativo foi atendida pela Guarnição do 9°BPM, que conduziu o Policial Militar para a Central de Flagrantes e realizou a apreensão de sua arma.

O Policial Militar encontra- se custodiado no Presídio Militar, que por se tratar de um crime comum, as providências legais que o caso requer estão sendo tomadas pela Polícia Judiciária, e logo, que a PMPI receber a documentação referente a ocorrência tomará todas as medidas legais cabíveis por meio de sua Corregedoria, instaurando procedimento administrativo.

Teresina-PI, 02 de fevereiro de 2019.

ELZA Rodrigues Ferreira - TC PM Diretora de Comunicação Social da PMPI

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp