Quarta, 19 de fevereiro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(89) 9 9920-1357
Picos

Picos

Jucelma Sales Correspondente do município.

[email protected]

(89) 9 9920-1357

Cidades - Enem

Postada em 07/02/2020 ás 19h35

Publicada por: Jucelma Sales

Detenta da Penitenciária Feminina de Picos é aprovada no Enem PPL
Foram cinco inscritas no Enem PPL, três fizeram a prova.
Detenta da Penitenciária Feminina de Picos é aprovada no Enem PPL

Foto: Robervanya Luz

Três detentas da Penitenciária Feminina de Picos fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem PPL) para pessoas que estão privadas de liberdade. Foram cinco inscritas no Enem PPL,  três fizeram a prova e uma detenta, que não teve o nome revelado obteve uma boa pontuação no Enem e concorrerá a uma vaga para o Sisu.

Segundo o diretor da penitenciaria feminina de Picos, Diego Nunes, as provas aconteceram nos dias 10 e 11 de dezembro de 2019.

” As provas para as detentas sempre acontece após o regular , na nossa unidade prisional foram inscritas cinto detentas , dessa cinco fizeram a prova apenas três, e uma logrou êxodo tendo uma boa média para concorrer ao Sisu”, informou .

Diego Nunes ,explica que em relação aos que obterão êxodo quem decide quem se vai cursar ou não é o juiz de execução penal .

“Nós só temos a obrigação com que elas tenha uma boa preparação para que elas nivelem o conhecimento , pois elas não participam de cotas e,  disputam as vagas com a ampla concorrência. Então  a Sejus com a parceria com a Seduc , faz com que a gente consiga proporcionar a elas alguma forma de revisão .Para aquela unidade que tenham aula regular e para as que não tem a gente leva a revisão presencial . Porém, na ora de aprovação só quem determina se o aprovado vai estudar ou não, é o juiz de execução penal”, frisou.

O diretor da penitenciaria feminina, comentou dos critérios usado para ser liberado para que elas possam cursar e, das dificuldade que o presidio terá se caso o juiz autorizar.

“Geralmente ele só autoriza para aqueles detentos que estão no regime semi-aberto, que não é o nosso caso , aqui o nosso presido é de regime fechado e, se por ventura o juiz chegar a autorizar a um detento do regime fechado a estudar a Secretária de Justiça do Estado do Piauí teria que dizer se realmente tem a estrutura para isso , porque com certeza a escota do detento vai acontecer na ida e na volta e durante as aulas e, nós sabemos da realidade do Estado no tocante ao transporte , ao combustível e ao número de policiais penais”, finalizou Diego Nunes.

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium