Quinta, 01 de outubro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Camanha ProPiauí Julho
[email protected]
86 2107-5800 / 5847
OAB-PI

OAB-PI

OAB-PI Notícias sobre o que acontece na área da advocacia piauiense.

[email protected]

86 2107-5800 / 5847

Piauí - Debate

Postada em 11/02/2020 ás 08h35 - atualizada em 11/02/2020 ás 08h41

Publicada por: Thamirys Moura

Comissão de Informática debate instabilidade do PJe em reunião no TJ Piauí
Em decorrência da migração dos processos para o digital, a atual infraestrutura está sobrecarregada
Comissão de Informática debate instabilidade do PJe em reunião no TJ Piauí

foto: reprodução

A Comissão de Informática da OAB Piauí, representada pelo Presidente e pelo Secretário, Helldânio Barros e José leite, respectivamente, realizaram uma visita institucional ao Diretor da STIC do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), Assis Campos. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (10) para obter informações sobre a instabilidade do Sistema PJE no Piauí.

De acordo com o Presidente da Comissão, Helldânio Barros, o diretor Assis Campos ressaltou que a infraestrutura do sistema, criada para atender o Tribunal, foi implantada ainda em 2010 e que até hoje não houve uma expansão adequada.

“Em decorrência da migração dos processos para o meio digital, a atual infraestrutura não está mais suportando a demanda. Para se ter uma ideia a largura de banda, quanto à recepção de dados no CNJ, é de cerca de 256 megabytes enquanto que o fluxo de saída no TJ-PI é de 1 gigabyte, ou seja, quatro vezes maior que a quantidade suportada, isso gera um verdadeiro gargalo no fluxo de informações”, explicou Helldânio Barros.

Em resposta, o diretor Assis Campos explanou que o Conselho Nacional de Justiça já se comprometeu a resolver a situação. Segundo ele, uma licitação já foi realizada com a finalidade de contratar um serviços na nuvem para aumentar a capacidade de armazenamento e largura de banda para o Sistema PJe.

Sobre isso, Helldânio Barros disse que a Comissão tem a expectativa de que tal medida se concretize para possibilitar o pleno e efetivo trabalho dos advogados e advogadas no uso da ferramenta que se tornou essencial para o exercício da Advocacia.

Fonte: OAB PI

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium