Terça, 22 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Camanha ProPiauí Julho
[email protected]
86 9 9834-2372
R10 Policial

R10 Policial

R10 Policial Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.

[email protected]

86 9 9834-2372

Polícia - Golpe

Postada em 11/02/2020 ás 12h12 - atualizada em 11/02/2020 ás 12h30

Publicada por: Francine Dutra

Secretário de esportes de Teresina tem perfil fake usado em golpes
Miguel Rosal, afirmou que já foram criados mais de 40 perfis fakes em seu nome
Secretário de esportes de Teresina tem perfil fake usado em golpes

Foto: Reprodução/Instagram

O secretário de Esporte e Lazer de Teresina, Miguel Rosal, registrou nesta que seus dados estão sendo usados por criminosos para a aplicação de golpes e, por conta disso, já sofreu duas ameaças de morte. De acordo com o gestor, 42 perfis fakes já foram criados em seu nome. O gestor registrou três boletins de ocorrência sobre o caso, mas segundo ele, nada foi feito. A Secretaria de Segurança Pública informou que o caso está sendo investigado.

De acordo com Miguel, os golpes começaram em maio de 2019, quando criaram um perfil falso em seu nome, em uma rede social. “Eles pegaram fotos minhas e abriram contas no Facebook. À medida que o meu assessor de comunicação ia denunciando e a conta era excluída, eles criavam outra. Esses criminosos criaram até um nome falso no WhatsApp, com minha foto no perfil e começaram a dar golpes em Teresina e em todo o estado, porque até em Paulistana teve golpe”, informou.

A ação dos criminosos era feita por meio da venda de carros usados. Eles se passavam por um agente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que falsificava documentos e vendia os carros e motos que seriam leiloados.

Ameaças de morte

Miguel afirma que já passou por várias situações onde as vítimas o procuram no local de trabalho. No sábado (8), o secretário contou que estava em um restaurante, quando foi ameaçado de morte.

“Foi em um restaurante que eu estava almoçando, daí o garçom veio bem nervoso dizendo que tinha algumas pessoas querendo confirmar umas fotos, saber se era eu mesmo. Então eu conversei com elas e expliquei que estava também sendo vítima de um golpe, depois elas confirmaram que tinham ido até lá para me matar”, disse.

O secretário diz que já foram feitos três boletins de ocorrência. “Eu já fui na polícia, mas não adianta, ninguém sabe de nada. Vou tomar algumas medidas de segurança e me restringir um pouco. Tive que falar com os meios de comunicação e dar uma satisfação para as pessoas sobre o que estava sendo feito com o meu nome”, contou.

Fonte: G1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium