Sexta, 03 de abril de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Campanha CCOM coronavírus
[email protected]
86 2107-5800 / 5847
OAB-PI

OAB-PI

OAB-PI Notícias sobre o que acontece na área da advocacia piauiense.

[email protected]

86 2107-5800 / 5847

Piauí - Reunião

Postada em 19/02/2020 ás 17h45 - atualizada em 19/02/2020 ás 19h39

Publicada por: Layane Valeria Amorim

OAB Piauí busca soluções urgentes junto à Presidência do TJPI
A OAB foi informada sobre a mudança da base de dados do sistema e busca atender as demandas do PJe.
OAB Piauí busca soluções urgentes junto à Presidência do TJPI

Foto: Reprodução

Buscando atender as demandas dos advogados e advogadas em relação aos problemas no sistema de acesso ao Processo Judicial Eletrônico (PJe), a OAB Piauí, em contato com o Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Sebastião Ribeiro Martins, foi informada sobre a mudança da base de dados do sistema e que até o início de março a instabilidade será resolvida.

Segundo o Desembargador Sebastião Martins, “após uma videoconferência entre integrantes do Conselho Nacional de Justiça e TJPI, constatou-se que a base de dados do CNJ, local onde estão armazenadas todos os dados do PJe/PI, não teria mais condições de operacionalizar o sistema de forma satisfatória. Ficou acordado, então, que a base de dados do PJe/PI será transferida para a base do DataPrev”, pontuou.

O Desembargador explicou ainda que o Tribunal recebeu do CNJ um ofício com o cronograma detalhado de toda a operação de transferência. “Até o dia 09 de março toda a base de dados do PJe/PI será transferida para a base do DataPrev, inclusive, já com a versão atualizada de 2.1. O sistema está realmente muito instável, mas essa migração para o Dataprev vai resolver. Outros tribunais deverão fazer o mesmo, a exemplo do TJ/RJ”, afirmou.

O Presidente Celso Barros Neto ressalta que a OAB Piauí está acompanhado esse processo de perto, pois os advogados e advogadas precisam que o problema seja resolvido o mais rápido possível.

 “As comissões de Relação com o Poder Judiciário e de Informática já haviam realizado reuniões para a resolução da instabilidade do PJe, uma das ferramentas capazes de minimizar um dos maiores problemas do Sistema Judicial Brasileiro, que é a morosidade. Com essa mudança, esperamos que haja finalmente uma resolução para que essa falha operacional que aflige a advocacia piauiense seja reparada”, finalizou o Presidente.

Fonte: OAB PI

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium