Quinta, 01 de outubro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Educa Mais Full Banner
[email protected]
86 9 9834-2372
R10 Retrô

R10 Retrô

R10 Retrô Notícias sobre as décadas de 80 e 90.

[email protected]

86 9 9834-2372

Geral - Retrô

Postada em 21/02/2020 ás 09h13 - atualizada em 21/02/2020 ás 10h03

Publicada por: Bruna Sampaio

Nostalgia anos 90: animes que fizeram história na década
A década de 90 no Brasil foi fértil no quesito 'invasão japonesa na TV'.
Nostalgia anos 90: animes que fizeram história na década

Foto: Reprodução

Os animes estão cada vez mais populares e não é à toa que os seus personagens estampam lancheiras, capas de cadernos e ainda protagonizam blockbusters hollywoodianos.

Nostalgia anos 90 – Uma volta no tempo

Há muitos fãs de anime que não sabem como era a vida na época em que não existia o Youtube. Por outro lado, há os fãs mais velhos, que acompanharam a evolução da tecnologia e hoje relembram com carinho das produções mais marcantes do gênero.

O fã da “velha guarda”, pelo menos a maioria deles, acompanhou o início da febre dos animes no Brasil, quando em 1994, a já falecida Rede Manchete mostrou, para “tapar buraco” na grade de programação, os Cavaleiros do Zodíaco.

Contudo, outros animes surfaram na onda do momento e ajudaram a consolidar entre o público brasileiro esses personagens de olhos esbugalhados, lábios finos e cabelos cheios de estilo.

A década de 90 foi o período em que a Marvel e a DC viram os seus heróis fantasiados terem que disputar espaço com personagem de outras editoras. Hellboy e Spawn são dois exemplos disso.

Nessa brecha, os animes surgiram como uma alternativa de histórias com estilo bem característico. Sendo assim, você pode resgatar alguns deles em seu blog por meio de pautas regadas a nostalgia e TV a cabo. 

Neon Genesis Evangelion

Foi um anime lançado em 1995 e tinha todos os ingredientes que tornam os animes obras cativantes: lutas, sacrifícios e personagens memoráveis. 

Se os Cavaleiros do Zodíaco era uma produção oriental que bebia nas fontes dos mitos gregos do ocidente, o Evangelion seguia um rumo parecido e tinha conceitos baseados em mitos do judaísmo e do cristianismo.

A receita unindo misticismo com robôs gigantes deu certo e hoje, para os nostálgicos de plantão, ele pode ser visto na Netflix.  

Dragon Ball

Criado em 1986 lá na terra do sol nascente, o Dragon Ball cativou o público brasileiro em meados da década de 90. 

Este é um anime tão emblemático que quando alguém fala em desenho animado japonês logo vem à cabeça do telespectador alguma cena de ação do Goku, um dos seus protagonistas.

O Dragon Ball também é um dos animes com uma das ricas mitologias mais ricas, dotado de vários diálogos e termos que conquistaram corações e mentes dos nerds da era pré-internet. 

Ghost in the Shell

Não sei se você sabe, mas o longa-metragem Matrix, lançado em 1999, ajudou a sedimentar a cultura pop do então nascente século XXI. Os conceitos sobre inteligência artificial, o cenário com alta tecnologia e os efeitos especiais tornaram essa ficção científica norte-americana icônica.

Porém, é interessante lembrar que, das várias fontes que Matrix bebeu, uma delas é do anime longa-metragem Ghost in the Shell.

O visual soturno, a distopia e o conflito entre homem e máquina desse filme foram algumas das contribuições nipônicas para o sempre atual gênero cyberpunk.

Ghost in the shell foi lançado em 1996 e, recentemente, contou com uma refilmagem live-action norte-americana. O resultado, infelizmente, não arranha nem a superfície do original.

Street Fighter II Victory

Um dos games mais populares de todos os tempos inspirou um dos piores filmes da história, lançado em 1994. 

Porém, no ano seguinte, se redimiu quando deu ao mundo um dos animes mais legais daquela década.

O roteiro tomou algumas liberdades em relação ao material original, mas isso não prejudicou em nada os episódios e as interações dos personagens. 

Chun Li, Ryu e companhia protagonizaram lutas e histórias excelentes e seguiram fielmente a história fiel do famoso jogo de luta da Capcom. 

Conclusão

A década de 90 no Brasil foi fértil no quesito “invasão japonesa na TV”, mostrando para uma geração inteira novos personagens e narrativas.

 

Fonte: poltronanerd

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium