Quinta, 01 de outubro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro
Política - Política

Postada em 21/02/2020 ás 11h43

Publicada por: Bruna Sampaio

Variações em pesquisas eleitorais podem confundir eleitorado brasileiro
Os diferentes resultados dos institutos de pesquisas evidenciam necessidade de constante observação
Variações em pesquisas eleitorais podem confundir eleitorado brasileiro

Advogado Wildson Oliveira - Foto: Divulgação

De acordo com os últimos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Brasil tem cerca de 146 milhões de eleitores e, com a proximidade das eleições, muitos institutos de pesquisas iniciam o trabalho de coleta de dados. Em 2020, durante o período de "pré-campanha" municipal, os institutos já estão em campo em busca de informações que balizem o eleitorado na disputa pelo palácio da cidade e cadeiras da Câmara Municipal.

Desde o dia 1º de janeiro, todas as pesquisas precisam ser registradas junto à Justiça Eleitoral até cinco dias antes da sua divulgação. E, por conta da multiplicidade dos resultados, o advogado Wildson Oliveira alerta para a necessidade de fiscalização contínua, o que auxiliará o eleitor a acompanhar os números mais próximos do real.

"Primeiramente, se o eleitor quer saber se uma pesquisa é real basta consultar o site do TSE. Todas as pesquisas confiáveis realizadas no Brasil estão registradas no banco de dados da Justiça Eleitoral. Em relação a veracidade dos dados, os órgãos de fiscalização precisam ficar atentos desde antes do período eleitoral. É essencial para a segurança das informações", explica Oliveira.

O processo de captação das informações para pesquisa permeia vários detalhes chamados variáveis (escolaridade, gênero, idade, etc.), alternando de instituto para instituto, cada um aplicando uma metodologia específica. Wildson Oliveira pontua que as variações são causadas pelas amostras, ou seja, a reprodução do universo a ser representado, por isso a importância de profissionais capacitados durante o processo.

"As pesquisas devem ser um instrumento de auxílio, livre de manipulações. Por isso, a participação de profissionais estatísticos e a contínua observação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) devem ser padrão obrigatório em todos os anos, sejam eleitorais ou não, não basta apenas simplesmente ouvir o eleitor, existe uma verdadeira dinâmica de informações e dados que precisam ser contabilizados", finalizou Wildson.

As eleições de 2020 acontecem no dia 4 de outubro (1º turno) quando serão escolhidos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em todos os 5.568 municípios brasileiros.

Fonte: Ascom

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Vídeo: Professor de Direito Penal pede para aluna abrir câmera para vê-la nua

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Situação da PI 223 irrita motoristas

Monsenhor Gil Por Alberto Junior

Monsenhor Gil abre cadastro digital para artistas receberem auxílio emergencial

São João do Piauí Por Álamo Jadson Primo

Governo amplia abastecimento de água em São João do Piauí

Picos Por Jucelma Sales

Grupo de pesquisa repassa informações sobre a COVID-19 em formato de podcast

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium