Sábado, 31 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

28°

21° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Famosos
Famosos
Tudo sobre o mundo das celebridades.
Geral O que rola na web
03/03/2020 12h23 Atualizada há 1 ano
Por: Francine Dutra

Ex-BBB Emilly Araújo sofre ataques na web e desabafa:

Emilly Araújo viu que seu nome estava sendo muito comentado no Twitter e resolveu investigar o que estava acontecendo. Na rede social, ela estava sendo atacada por vários internautas que falavam mal dela, relembrando polêmicas nesta segunda-feira (2).

A ex-sister fez vários vídeos nos Stories do Instagram dizendo que muitas pessoas estão a ofendendendo, julgando e criando fake news falando sobre sua mãe que morreu dias antes de entrar no Big Brother Brasil 17, vítima de câncer.

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

"É horrível isso, ver uma mulher falando que eu não me importava com minha mãe quando estava com dor e me negava a lavava louça. Sim, eu poderia ser uma filha muito melhor se eu tivesse a cabeça que eu tenho hoje. Ela foi a melhor mãe do mundo e vocês não sabem, nunca falei aqui, mas faço terapia há dois anos e nunca colocaria música para deixar de ouvir minha mãe com dor. Ela resistiu bastante para ficar mais tempo com a gente. Hoje, eu nunca deixaria minha mãe lavar uma louça", disse no início do vídeo.

Continua depois da publicidade

Emily reclama que os "julgadores de internet" têm voz somente pelo celular e explica que deu o seu melhor de acordo com a idade e a maturidade que tinha na época em que sua mãe estava viva. Ela ainda reconhece que se tivesse mais tempo com a pessoa mais importante de sua vida, teria feito muito mais.

A ex-sister também relembrou o vídeo que viralizou em julho de 2017, logo depois de sair do reality show, em que estava no camarote do Villa Mix Festival, em Goiânia, e discutiu com uma mulher dizendo "pobre, pobre! Eu sou rica, rica! Eu sou rica, sua pobre". Ela reconhece que errou, mas pediu para que as pessoas entendessem o que tinha acontecido antes.

"Tem muita gente que me julga porque eu ofendi uma mulher em um camarote. Não me arrependi de ter feito porque aquela mulher estava ofendendendo a mim, à minha família. Claro que não justifica, mas não foi do nada que eu fiz isso. A mulher estava me infernizando e eu explodi. Logo em seguida, me retratei nas redes sociais, mas não adiantou de nada. Sabe por quê? Ao invés de me dar uma opinião construtiva, as pessoas me chamam de ridícula e elas fazem o mesmo que eu fiz", desabafa.

Fonte: Marie Clarie
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp