Quinta, 21 de março de 2019
(86) 99915-1055
Geral - Decisão

Postada em 05/02/2018 ás 15h35 - atualizada em 06/02/2018 ás 08h00

Publicada por: Bruna Dias

Juiz manda soltar ex-tenente do Exército acusado de assassinar Iarla Lima
A decisão é da última sexta-feira (02).José Ricardo confessou que matou Iarla.
Juiz manda soltar ex-tenente do Exército acusado de assassinar Iarla Lima

Foto: Reprodução

O juiz de Direito, Antônio Reis de Jesus Nollêto, da 1ª Vara do tribunal do Júri, revogou a prisão de José Ricardo da Silva Neto, ex-tenente do Exército, que confessou ter assassinado a namorada Iarla Lima Brabosa, no dia 19 de junho do ano passado. A decisão é da última sexta-feira (02).

Na decisão, o magistrado concede a liberdade provisória “conforme disposto no art. 321, do Código Processual Penal, devendo o acusado ser posto, em liberdade”. Diz ainda que “inobstante a ausência dos fundamentos legais para a manutenção da prisão, afigura-se plausível a possibilidade de outras medidas cautelares”.

Desta forma, o juiz determinou que o acusado não se ausente temporariamente ou definitivamente do município de sua residência, sem a devida autorização do Juízo; compareça a todos os atos do processo para os quais for intimado; recolhimento domiciliar no período noturno a partir das 20h; não se envolver em nenhum outro delito e não frequentar casas de eventos.

Relembre o caso

Iarla foi morta após sair do bar Bendito Boteco e Cervejaria, localizado na avenida Nossa Senhora de Fátima, zona Leste de Teresina.  Antes de ser morta, ela estava no estabelecimento acompanhada do namorado, José Ricardo, sua irmã, uma amiga e dois colegas de farda do ex-tenente. Em um determinado momento, José Ricardo teria falado que não estaria se sentindo bem, razão pela qual iria embora mais cedo e levaria as vítimas para casa.

Iarla entrou no carro do companheiro, os dois iniciaram uma discussão e ele afirmou que estudante teria se comportado de forma desrespeitosa no bar, demonstrando ciúmes, momento em que sacou uma arma e efetuou diversos disparos contra a estudante. Ele também efetuou disparos contra a irmã e amiga da vítima, que conseguiram sair do carro e fugir.  José Ricardo confessou que matou Iarla, mas negou as informações relacionadas a irmã e amiga da estudante.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

São João da Serra Por Cosme Jales

Prefeitura realiza mais de 2 mil atendimentos exames pela SMS

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

Direção da Escola João Diogo de Resende divulga nota de esclarecimento

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

CMAS/Timon entrega certificação ao Instituto Cocais

Demerval Lobão - PI Por Katia Cruz

Advogados prestigiam Posse da OAB Nacional

Água Branca-PI Por Lenno Oliveira

Presidente da Câmara de Água Branca reajusta salários dos vereadores

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium