Segunda, 19 de novembro de 2018
(86) 99915-1055
Desk Propaganda
Economia - Pesquisa

Postada em 06/02/2018 ás 13h43 - atualizada em 06/02/2018 ás 14h19

Publicada por: Redação

Pesquisa revela que desemprego, corrupção e saúde são os principais problemas do Brasil
A pesquisa chama atenção para o aumento da preocupação dos brasileiros com a corrupção.
Pesquisa revela que desemprego, corrupção e saúde são os principais problemas do Brasil

 

 

As crises econômica e ética mudaram a percepção dos brasileiros sobre os principais problemas e as prioridades na ação do governo federal.  Na avaliação da população, o desemprego, a corrupção e a saúde foram os principais problemas enfrentados em 2017. Para este ano, as prioridades são a melhoria dos serviços de saúde, o aumento do salário mínimo e o controle da inflação, informa a pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira - Problemas e Prioridades, divulgada nesta terça-feira, 6 de fevereiro, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

"Os reflexos da crise econômica se fazem sentir nas respostas da população. O desemprego aparece como maior problema pelo segundo ano consecutivo, e as medidas de recuperação de poder de compra ganham espaço entre as principais prioridades para 2018. A população aspira recuperar o poder de compra que tinha antes da crise, o que deve ocorrer apenas com a queda do desemprego e o crescimento sustentado da economia”, afirma o gerente-executivo de Pesquisas e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca.

De acordo com o levantamento, o desemprego, com 56% das citações, ficou em primeiro lugar na lista de principais problemas.  Em segundo lugar, com 55% das assinalações, apareceu a corrupção e, em terceiro, com 47% das menções, a saúde. Em quarto lugar, com 38% das respostas, a população apontou a segurança pública.

A pesquisa chama atenção para o aumento da preocupação dos brasileiros com a corrupção. Em 2016, a corrupção ocupava o terceiro lugar da lista de principais problemas, com 40% das citações. Em 2017, recebeu 55% das menções e passou para o segundo lugar, passando à frente da saúde e se aproximando do primeiro lugar em citações. "O segundo problema com maior ganho de citações foi o custo de vida, fator que passou de 7% de citações para 13% em 2017", observa a CNI. Com isso, o custo de vida passou do 10º lugar em 2016 para o quinto lugar em 2017.  

SAÚDE É PRIORIDADE NÚMERO UM - A preocupação com o custo de vida e a perda do poder de compra também mudou as prioridades apontadas pela população para 2018. A melhoria dos serviços de saúde, com 37% das respostas, permanece em primeiro lugar desde 2014. Mas o aumento do salário mínimo, com 33% das citações, subiu do quarto lugar em 2017 para o segundo lugar em 2018. Em terceiro lugar, com 32% das menções, aparece o controle da inflação. Em quarto lugar aparecem, empatadas, a geração de empregos e a redução dos impostos, ambas com 30% das respostas.

"O destaque dado a essas medidas reflete a alta taxa de desemprego, a percepção de perda de poder de compra da população nos últimos anos e a preocupação em recuperar a capacidade de consumo", avalia a CNI. Em 2014, o controle da inflação ocupava o nono lugar na lista de prioridades da população. A redução dos impostos estava na oitava posição e, a geração de empregos, em sétimo lugar.

A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira - Problemas e Prioridades ouviu 2 mil pessoas em 127 municípios entre 7 e 10 de dezembro de 2017.

Fonte: CNI

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Cabeceiras do Piauí Por Francisco Rocha

Caminhão carregado de sal pega fogo na PI 113, entre Barras e Cabeceiras

Joaquim Pires-PI Por João Victor

Prefeitura de Joaquim Pires realiza obras na zona rural

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Inaugurado mais um Parque de Vaquejada em Beneditinos

Valença Por Thiago Maciel

Prefeita Ceiça Dias promove festa para crianças na localidade Izidória

Coronel José Dias Por R10 municípios

Prefeitura realiza reparos e manutenção do sangrador da Barragem

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium