Domingo, 22 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

31°

23° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
Esportes
Esportes
Tudo sobre esportes no Piauí, Brasil e no Mundo.
Esportes Disputa
13/03/2020 14h10
Por: Francine Dutra

Goiás joga melhor, derrota o Vasco e abre vantagem na Copa do Brasil

O Vasco da Gama segue com o desempenho ruim na temporada e, nessa quinta-feira, foi derrotado por 1 a 0 pelo Goiás, em São Januário, no duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Com o resultado, os goianos jogam pelo empate no confronto de volta, em Goiânia.

Foto: Divulgação/Vasco
Foto: Divulgação/Vasco

O Goiás foi mais organizado durante os 90 minutos e marcou o gol da vitória no primeiro tempo, com Fábio Sanches. O Vasco mais uma vez mostrou dificuldade na criação das jogadas e pouco incomodou o goleiro Tadeu.

O confronto de volta entre as equipes está marcado para a próxima quinta-feira, no estádio Olímpico, em Goiânia.

O jogo será realizado com portões fechados por determinação do governo goiano por conta da pandemia de coronavírus.

O jogo

A partida começou em ritmo acelerado. O Goiás surpreendeu ao buscar o ataque e criou a primeira chance logo aos dois minutos, em chute de Rafael Moura que foi para fora. A resposta veio na bicicleta de Cano, que parou em Tadeu.

O Goiás aproveitava o nervosismo dos donos da casa e quase abriu o placar aos dez minutos. Rafael Moura tabelou com Daniel Bessa e chutou para grande defesa de Fernando Miguel. No minuto seguinte, Keko acertou bela bicicleta, mas viu o goleiro cruzmaltino fazer mais uma grande defesa.

Depois disso, o duelo ficou equilibrado, com a marcação das duas equipes levando a melhor sobre os ataques. Somente aos 23 minutos, o Vasco chegou a balançar a rede, mas German Cano usou a mão para colocar a bola para o gol.

Com isso, o placar não foi aberto em São Januário. Os visitantes responderam em seguida. Keko cobrou falta na área, mas viu a bola ir no travessão.

Na parte final, o jogo continuava equilibrado até os 43 minutos, quando o Goiás abriu o marcador. Após cruzamento, a bola foi desviada e Fábio Sanches apareceu sozinho para mandar para a rede e deixar os visitantes na frente no intervalo.

No segundo tempo, o Vasco pressionou desde o início, mas só conseguiu finalizar pela primeira vez aos nove minutos, em chute de Marrony. O Goiás apenas se defendia e impedia a criação de boas chances dos donos da casa.

Já aos 14 minutos, Raul chutou da entrada da área e obrigou Tadeu a fazer grande defesa. A partir dai, o jogo virou praticamente um ataque contra defesa.

O Goiás conseguiu, ao longo da etapa final, impedir que o Vasco conseguisse chegar com perigo. Os cruzmaltinos seguiram mostrando a falta de capacidade em criar bons lances.

Nos minutos finais, o Vasco tentou pressionar em busca do empate, mas viu o Goiás se fechar de vez para segurar a vitória em São Januário.

Briga e protestos

Já perto dos acréscimos do segundo tempo, houve uma grande briga entre torcedores vascaínos atrás do gol do Goiás. A correria e confusão permaneceram até o apito final. Com o fim do confronto, uma vez controlada a situação, foi a vez dos protestos: a torcida gritou contra principalmente o técnico Abel Braga e o presidente Alexandre Campello.

Fonte: CBF
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp