Segunda, 02 de Agosto de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

22°

22° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Divulgou nas redes
18/03/2020 15h20
Por: Geysa Silva

Jovem organiza evento para propagar o coronavírus e acaba preso

Um jovem de 24 anos foi conduzido à delegacia e precisou assinar um termo circunstanciado, nesta quarta-feira (17), por organizar um evento em redes sociais que convocava as pessoas para propagar o novo coronavírus no centro de Curitiba. 

De acordo com a Polícia Civil, a informação sobre o evento foi passada pela Guarda Municipal na terça-feira (17). “Nos chegou a informação, através da Guarda Municipal, de que um rapaz estaria fazendo um evento pelas redes sociais, no qual eles iriam se encontrar no Largo da Ordem para propagar o coronavírus”, explicou o delegado Danilo Zarlenga. 

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Brincadeira de mau gosto

Na delegacia, o rapaz declarou que tratava-se apenas de uma brincadeira, mas mesmo assim foi autuado por infringir a lei destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Continua depois da publicidade

“Eu trabalho com stand up, com comédia e foi uma brincadeira, uma piada e obviamente que ninguém tem como acreditar em uma coisa dessas porque era uma coisa totalmente ridícula. Eu peço desculpas, obviamente que eu estou preocupado com a situação, minha mão trabalha na área de saúde, eu tenho família. Então, obviamente foi uma piada, as pessoas que estavam a minha volta sabiam que era uma brincadeira, só que acabou tendo uma repercussão que eu não esperava”, disse à RIC Record TV

Segundo o delegado, as pessoas que curtiram ou confirmaram participação no evento também serão ouvidas pela polícia. 

“Ele foi enquadrado no Artigo 268 do Código Penal, onde a pena varia de um mês a um ano, foi ouvido e liberado por tratar-se de um crime de menor potencial ofensivo. Sete ou oito pessoas já haviam confirmado a presença no evento. Essas pessoas também serão ouvidas e responsabilizadas na medida de sua participação”, diz o Zarlenga. 

O delegado ainda ressaltou que uma pandemia não é motivo de piadas e afirmou que responsáveis por esse tipo de comportamento serão punidos.

“Não são tempo pra essas coisas, nós temos que nos precaver, todos tomar cuidado, nós estamos passando por tempos difíceis. A polícia está levando a sério o nosso trabalho, ele vai ser responsabilizado e que fique o recado para os demais: que não façam gracinhas na internet em WhatsApp que serão descobertos e serão responsabilizados”, finalizou. 

O que diz a Prefeitura

O prefeito da capital paranaense, Rafael Greca, também se pronunciou sobre o assunto durante entrevista no programa Balanço Geral Curitiba, da RIC Record TV. Conforme o gestor municipal, o rapaz vai ser punido pela brincadeira de mau gosto

“Vai ser punido pelo braço pesado da Lei, não é a primeira vez que o Largo da Ordem sofre ataques dessa gente que não vive em Curitiba, está na região metropolitana, e sabe Deus que interesse maligno tem. Se acham engraçados ou são ligados ao narcotráfico, tem um humor voltado pro mal. Não precisa isso, a cidade está com tanta dificuldade, nós estamos trabalhando tanto pra sermos fortes que as dificuldades para proteger os idosos, para proteger as crianças, proteger as famílias”, disse o prefeito.

Guilherme Rangel, secretário municipal da Defesa Social e Trânsito de Curitiba, repreendeu a conduta do jovem e solicitou a população denuncie esse tipo de situação.

“Caso tenha ciência de alguma situação dessa, seja brincadeira ou não, a gente não pode menosprezar. Então, que denuncie pelo telefone da Guarda Municipal 153 ou da Polícia Militar 190 ou do Disque-Denúncia 181

Fonte: Ric Mais
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp