Terça, 02 de junho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Campanha app Governo do PI
[email protected]
(86) 98844-3653
Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais)

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais)

Lucas Stefano Saiba tudo o que acontece na região.

[email protected]

(86) 98844-3653

Cidades - Destaque

Postada em 23/03/2020 ás 15h52 - atualizada em 23/03/2020 ás 16h19

Publicada por: Lucas Stefano

Deputado bolsonarista faz piada racista com a chegada de médicos cubanos
Faz lembrar a chegada dos navios negreiros. Disse Medeiros, ao comentar o desembarque na Itália.
Deputado bolsonarista faz piada racista com a chegada de médicos cubanos

o VIP e foram muito aplaudidos

José Medeiros, com Jair Bolsonaro (foto: Twitter)   Por Redação     

O vídeo dos médicos cubanos sendo recebidos com aplausos pela população italiana afetou o deputado bolsonarista José Medeiros (Podemos-MT), que não conseguiu segurar seu recalque, e tampouco seu racismo.

Em comentário completamente sem sentido, disse que a cena “faz lembrar a chegada dos navios negreiros”.

   

Ao que parece, o deputado parece estar com alguma dificuldade em interpretar a realidade. No vídeo, pode-se observar que os cubanos – a maioria negros, é verdade – ingressam ao país pela Salão VIP, e são recebidos por fortes aplausos das pessoas que estavam no aeroporto.

Também poderia ter aulas de História, já que não há registro de que, no passado, os escravos eram recebidos com aplausos e em Salão VIP. Muito pelo contrário.

JOSÉ MEDEIROS   @JoseMedeirosMT    

Faz lembrar a chegada dos navios negreiros. https://twitter.com/senadorhumberto/status/ …

Humberto Costa   @senadorhumberto  

Em meio a pandemia do coronavírus, médicos cubanos são recebidos com aplausos na Itália. Durante os governos do PT, Brasil chegou a ter 11.000 destes profissionais atendendo a população mais carente. Cubanos deixaram o país após ações desastrosas do governo Bolsonaro.

  Vídeo incorporado  
     

Em meio a pandemia do coronavírus, médicos cubanos são recebidos com aplausos na Itália. Durante os governos do PT, Brasil chegou a ter 11.000 destes profissionais atendendo a população mais carente. Cubanos deixaram o país após ações desastrosas do governo Bolsonaro. pic.twitter.com/32gSqf0K9G

— Humberto Costa (@senadorhumberto) March 22, 2020 " />

Segundo o governo cubano, os médicos são especialistas em epidemias como o Ébola e ajudarão os colegas no trabalho que vem sendo realizado em condições extremas, com hospitais sobrecarregados pelo rápido aumento do número de casos graves na Itália.

 

A Itália, o país mais atingido pela epidemia, já conta com mais de 4.825 mortos pelo coronavírus, 793 só nas últimas 24 horas. Os números de mortos no país já superam os ocorridos na China, onde a pandemia começou.

 

Esta é a sexta equipe médica enviada pelo governo cubano para auxiliar no combate ao coronavírus. Grupos de especialistas cubanos já estão no Suriname, Nicarágua, Jamaica e Venezuela e em breve estarão em Granada, na Espanha.

Os especialistas cubanos fazem parte do Contingente Internacional Henry Reeve, criado pelo falecido ex-presidente Fidel Castro em 2005 para ajudar em situações de desastre e epidemia. Pelo trabalho em cerca de 20 nações o contingente recebeu um prémio da Organização Mundial de Saúde em 2017.

PARA VISUALIZAR NA ÍNTEGRA AS FOTOS DESTA MATÉRIA ATRAVÉS DE DISPOSITIVO MÓVEL, COLOQUE-O NA POSIÇÃO HORIZONTAL.

PUBLICIDADE

          

         

Fonte: Direto da Redação da Revista Fórum.

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium