Segunda, 01 de junho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
86 9 9834-2372
Saúde

Saúde

R10 Saúde Encontre aqui notícias sobre saúde e bem-estar.

[email protected]

86 9 9834-2372

Piauí - Piauí

Postada em 02/04/2020 ás 15h24 - atualizada em 02/04/2020 ás 15h28

Publicada por: Bruna Sampaio

Hospital da PM começa a atuar no atendimento de pacientes com Covid-19
Unidade começará atuando como sentinela, contando com 40 leitos clínicos e 3 leitos de estabilização
Hospital da PM começa a atuar no atendimento de pacientes com Covid-19

Foto: Divulgação

O Hospital da Polícia Militar (HPM) iniciou o funcionamento como hospital sentinela da rede estadual de saúde para o enfrentamento à Covid-19 no Piauí. A unidade chegará a contar com 150 leitos para ajudar no atendimento dos casos da endemia causada pelo novo coronavírus. No início do seu funcionamento, a unidade contará com 40 leitos clínicos e 3 leitos de estabilização.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, ressalta que, graças ao esforço conjunto do Governo do Estado, Sesapi e comando da Polícia Militar, foi possível realizar um trabalho de adaptação da unidade em apenas 15 dias. “Hoje nós viemos ao HPM para verificar a estrutura da unidade que agora passa a funcionar como hospital sentinela da rede para o atendimento da população com o novo coronavírus”, destacou o gestor.

“Aqui temos leitos clínicos e de estabilização e ao longo desse processo a unidade também receberá leitos de UTIs. Com o funcionamento do hospital na nossa rede teremos um grande reforço no enfrentamento à Covid-19 no Piauí”, concluiu o secretário.

A unidade passou por reformas estruturais e adaptação de fluxo de pacientes e funcionários para adequar todo o fluxo e poder atender com qualidade a população. Alderico Tavares, superintendente de Gestão da Rede de Média e Alta Complexidade, destaca que todo o fluxo já foi divulgado para as secretarias e aos órgãos de controle e que a rede está se preparando cada vez mais para receber casos de Covid-19.

“Todos os pré-requisitos normativos da vigilância sanitária, bem como o fluxo de pacientes são obedecidos na unidade. Nesta semana, o hospital começa a funcionar com 40 leitos clínicos e 3 leitos de estabilização e até o fim da outra semana queremos estar com 100 leitos clínicos prontos na unidade. Posteriormente serão instalados os 10 leitos de UTI e também serão aumentados até a capacidade máxima da unidade a quantidade de leitos clínicos, chegando aos 150 leitos”, apontou o superintendente.

O diretor técnico da unidade, Leandro Ponce Leal, apontou que o grande esforço da equipe permitiu a conclusão das preparações da unidade em 15 dias e que ela está pronta para a demanda que for regulada para a unidade. “Aqui tem uma estrutura ampla, onde organizamos um fluxo para funcionários e pacientes, permitindo, assim, um atendimento de qualidade para todos. Estamos preparados para prestar um serviço de qualidade que corresponda aos anseios da população”, apontou o diretor.

“O HPM está configurado para o recebimento de pacientes oriundos das unidades básicas de saúde, UPAs e hospitais do interior do estado. Dessa forma, receberá apenas pacientes regulados dessas unidades de saúde, não sendo um hospital de porta aberta para o pronto atendimento para os pacientes”, explicou Samuel Freitas, gerente assistencial do Hospital da PM.

Fonte: Ccom

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium