Domingo, 24 de Janeiro de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

23° 31°

Teresina - PI

Últimas notícias
Famosos
Famosos
Tudo sobre o mundo das celebridades.
Entretenimento Fora da casa
03/04/2020 12h03 Atualizada há 10 meses
Por: Francine Dutra

Pyong admite ser milionário e revela sonho de virar ator

O ex-BBB é dono de uma empresa de hipnose clínica, youtuber e palestrante.

Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Oitavo eliminado do "Big Brother Brasil" 20, Pyong Lee surpreendeu os internautas por ter reunido, numa live no Instagram, 117 mil pessoas. Foi enquanto ele ensinava, através da hipnose, maneiras de as pessoas se sentirem menos ansiosas durante a quarentena. Pai do recém-nascido Jake, ele relata como têm sido os cuidados da família, que mora em São Paulo.

- Aqui os funcionários foram dispensados. Sammy e eu ficamos 90% do tempo em casa. Quando a gente precisa comprar algo na farmácia, saímos com máscara e às vezes usamos luva. Quando voltamos, passamos álcool gel. Muitos dos cuidados são maiores por causa do bebê - diz o empresário, de 27 anos.

Mesmo depois de ter saído do programa, o hipnólogo voltou a ter o nome citado no confinamento por Gizelly. A participante afirmou que ele e Rafa Kalimann já eram ricos, dando a entender que não precisariam tanto do prêmio de R$ 1,5 milhão.

Continua depois da publicidade

- Gizelly já falava quando eu estava na casa. Era uma brincadeira, uma coisa da cabeça dela. Mas na minha opinião esse assunto 'ser rico ou não' não é uma questão a ser levada em conta. Lá dentro é uma competição. Não é para ver quem é mais pobre, quem é vítima, quem não é. Não é um programa de caridade. É um jogo de convivência, personalidade e estratégia. É uma junção de coisas. Eu falava que há a possibilidade de jogar com o coração e de jogar com estratégia e inteligência. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Todos que estão ali foram selecionados por mérito próprio.

Dono de uma empresa de hipnose clínica, youtuber e palestrante, o ex-"BBB" já tinha tido alguns bens exibidos nas redes sociais. Questionado sobre sua trajetória de trabalho e as cifras de suas contas, ele revela:

- Comecei a trabalhar 'na rua', em locais diferentes, aos 12 anos. Fui office boy numa imobiliária, por exemplo. É... Acho que já posso dizer que sou milionário depois desses 15 anos de trabalho (risos).

Continua depois da publicidade

Pyong conta ainda que combinou com Manu Gavassi que farão um projeto profissional juntos. E o hipnólogo sonha ser ator:

- Sempre quis. Mas virar apresentador também não seria nada ruim.

Fonte: O Globo
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®