Quarta, 03 de junho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
86 9 9834-2372
Big Brother Brasil

Big Brother Brasil

BBB Saiba tudo que acontece na casa mais vigiada do Brasil.

[email protected]

86 9 9834-2372

Entretenimento - Polêmica

Postada em 03/04/2020 ás 13h39

Publicada por: Geysa Silva

Mulheres acusam Felipe Prior, do BBB20, de estupro
Felipe Prior está sendo acusado de estupro e tentativa de estupro por algumas mulheres
Mulheres acusam Felipe Prior, do BBB20, de estupro

Foto: Reprodução

Uma bomba envolvendo o eliminado da semana no Big Brother Brasil 20 veio à tona nesta sexta-feira (3). Felipe Prior está sendo acusado de estupro e tentativa de estupro por algumas mulheres.

Com uma das vítimas, de acordo com a revista Marie Claire, o ex-participante teria agido de forma agressiva ao dar uma carona à garota, após uma festa de faculdade. A mulher, hoje com 27 anos, na época, disse que não queria ter relações sexuais com o jovem, porém, ele mandou que ela parasse de ser fresca e continuou o ato de forma violenta.

“Tudo para mim se resume a uma grande agonia no peito”, disse ela em entrevista.

A universitária foi ao hospital, acompanhada da mãe, e notou um ferimento, segundo ela, “um corte de cerca de três dedos de comprimento na região genital, profundo o suficiente para chegar até o músculo”. A jovem precisou vestir fralda geriátrica para conter o sangramento.

Durante o atendimento médico, ao ser questionada sobre quem tinha feito aquilo com ela, a jovem disse que havia sido um namorado. Depois, a vítima ficou uma semana em casa e precisou de ajuda para andar e ir ao banheiro.

“Simplesmente coloquei a violência que sofri debaixo do tapete por seis anos. Achei que não lidando com ela, sumiria em mim. Atrasei dois anos da minha faculdade por causa do estupro. Tranquei todas as matérias do curso porque vê-lo todos dias era torturante. Ele é um cara impulsivo, agressivo. O que mostrou no BBB não chega perto do que é na vida real. Tenho medo do que pode fazer, mesmo diante de uma acusação formal, com advogada e tudo. Mas não posso mais guardar esse mal para mim”, afirmou a vítima.

Segunda vítima 

Em outro caso, apontado por documentos sigilosos, aos quais Marie Claire teve acesso, durante os jogos InterFAU de 2016, em Biritiba Mirim, Felipe Prior teria praticado o crime de tentativa de estupro contra outra estudante.

Segundo depoimento da vítima, ele se aproveitou do estado de embriaguez da jovem e a persuadiu a ingressar em sua barraca no camping dos jogos universitários depois de encontrá-la em uma festa.

A jovem em questão revelou que Felipe tentou penetrá-la e, sem sucesso, a conteve fisicamente usando de muita força. Ela ainda ressaltou que o estupro não foi consumado porque o empurrou usando os braços e pernas e conseguiu escapar.

A mulher contou que, de fato, entrou na barraca do acusado, porém, ao perceber que não havia camisinha para o sexo, disse que não teria relações com o universitário, momento quando ele começou a insistir no ato.

Em entrevista também à Marie Claire, a segunda vítima explicou o porquê de não ter relatado sobre a tentativa de estupro até então.

“Quando começou o BBB, vi um tuíte de uma garota que dizia que o Felipe tinha fama de assediador no Mackenzie. Foi quando entendi que a violência que sofri não era única. Mandei uma mensagem para garota e disse a ela que se aparecessem mais vítimas, me manifestaria. Dessa forma encontrei Themis, que me contou que além do estupro, tinha um boletim médico comprovando a laceração em seu genital”.

A vítima relatou que chegou a chorar, mas Felipe disse diversa vezes que não a deixaria sair do local. Em um momento da agressão, o ex-participante do BBB20 teria a colocado deitada de barriga para baixo e se pôs sobre seu corpo, de forma que ficasse imobilizada no chão. Após o fim do ato sexual, o jovem a empurrou e puxou de forma que ela caísse sobre o colchão, fazendo com que não conseguisse se desvencilhar da situação. A jovem contou que só conseguiu sair de dentro da barraca depois que o jovem dormiu.

De acordo com a jovem, naquele noite, na barraca ao lado, duas testemunhas a escutaram chorar e também escutaram os pedidos que ela fazia para que o acusado parasse. “Uma voz feminina chorando. A voz dizia “Para, tá me machucando” e continuava chorando”, disse uma das testemunhas, segundo consta nos documentos com os registros dos crimes.

Terceira vítima

Outra estudante também denunciou Felipe Prior por tentativa de estupro. Atualmente com 23 anos, a jovem relatou que o caso aconteceu durante os jogos InterFAU em 2018, em Itapetininga.

Segundo a garota, o ex-BBB a convidou para entrar na sua barraca, onde iniciou relações sexuais com ela de maneira consentida. Depois de um tempo, Prior começou a agir de maneira agressiva, a menina então verbalizou que queria parar, o que não surtiu efeito.

Ainda de acordo com a revista Marie Claire, consta nos documentos que o acusado desferiu tapas no rosto e por todo o corpo da jovem, mesmo depois dela dizer que estava sentindo dor e por diversas vezes tentar interromper o ato.

Apesar dos relatos terem vindo à tona apenas agora, em janeiro já circulavam denúncias contra o ex-BBB. A comissão organizadora da InterFAU, inclusive, chegou a pedir o acesso de Felipe Prior aos jogos por conta da conduta que o universitário costumava ter nas festas.

Nas redes sociais, a InterFau respondeu uma internauta dizendo que se pronunciará no momento certo a respeito do assunto.

O Área Vip tentou contato com Felipe Prior para ouvir a versão dele sobre os fatos mas não obteve resposta até o momento.

Fonte: Marie Claire | Área Vip

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium