Terça, 07 de julho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(86) 98844-3653
Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais)

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais)

Lucas Stefano Saiba tudo o que acontece na região.

[email protected]

(86) 98844-3653

Cidades - Destaque

Postada em 20/04/2020 ás 21h10 - atualizada em 21/04/2020 ás 22h47

Publicada por: Lucas Stefano

Estado Policialesco?
Não temos preocupação com nenhum tipo de ameaça pois proteger vidas é a nossa missão, finalizou Dino
Estado Policialesco?

Flávio Dino, por seu turno, diz lamentar a iniciativa do governo Jair Bolsonaro e disse que continuará pensando em estratégias para cuidar da população do Estado do Maranhão, durante a pandemia do novo Coronavírus.

Há mais de um mês, todo o carregamento oriundo da China de equipamentos destinados ao tratamento do praga do século, o Coronavírus, que chegam ao Aeroporto de Guarulhos, que não tenham sido adquiridos pelo governo federal é confiscado pela Receita Federal.

 

Para fugir desse infame cerco, o governador do Maranhão montou uma válida estratégia diante dos horrores que essa pestilência vem causando e importou de forma direta 107 respiradores mecânicos, que chegaram à São Luís no dia 14/04/2020 e já se encontram instalados na rede pública estadual de Saúde.

 

Agora, vejam como se instaura um verdadeiro Estado Policialesco, quando se tem como governante de uma Unidade Federada, uma pessoa que o presidente da República o declara como desafeto.

 

O jornal Folha de São Paulo traz em machete agora à tarde: “Operação Maranhão-Etiópia por respiradores foi ilegal e envolvidos serão processados, diz Receita Federal”.

 

A Receita Federal diz em nota que a remoção dos respiradores foi “realizada sem o prévio licenciamento da Anvisa e sem autorização da Inspetoria da Receita Federal em São Luís”.

 

Flávio Dino, por seu turno, diz lamentar a iniciativa do governo Jair Bolsonaro e disse que continuará pensando em estratégias para cuidar da população do Estado do Maranhão, durante a pandemia do novo Coronavírus.

 

Diz ainda Flávio Dino: “vamos continuar a fazer o que for necessário para cuidar a vida dos maranhenses. Lamento a lógica bolsonarista de criar confusão a todo momento. A operação nada teve de ilegal. As mercadorias existem e foram compradas legalmente, pagas e transportadas em voos legais. Se a Receita deseja rever alguma formalidade burocrática estamos à disposição. E não temos preocupação com ameaças de nenhum tipo, pois proteger vidas é a nossa missão” finalizou Flávio Dino.

PARA VISUALIZAR NA ÍNTEGRA AS FOTOS DESTA MATÉRIA ATRAVÉS DE DISPOSITIVO MÓVEL, COLOQUE-O NA POSIÇÃO HORIZONTAL.

PUBLICIDADE

          

 

 

     

 

 

 

 

Fonte: Por Murilo Noleto, Ipsis Litteris

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium