Quarta, 15 de julho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Banner Governo Junho
Geral - Decisão

Postada em 21/04/2020 ás 09h29

Publicada por: Geysa Silva

MP e MPT querem que empresa conclua reforma do hospital de Picos
O não cumprimento da recomendação, poderá acarretar em medidas judiciais
MP e MPT querem que empresa conclua reforma do hospital de Picos

Foto: Reprodução

O Ministério Público do Trabalho e Ministério Público do Estado, expediram uma recomendação conjunta, determinando que a empresa Picos Construções e Empreendimentos Imobiliários, conclua a reforma no Hospital Regional Justino Luz, em Picos.

Conforme a recomendação, a empresa deve concluir até o dia 24 de abril, de forma improrrogável, as obras referentes à ALA B do hospital. “Ressalte-se     que     os     trabalhadores     deverão     estar     protegidos     com os  Equipamentos   de   Proteção   Individual   necessários, inclusive com a disponibilização   de álcool em gel ou outro sanitizante” diz um trecho do documento.

A recomendação, expedida nesta segunda-feira, 20 de abril, considera, entre outros pontos, “a ausência de estrutura adequada do Hospital Regional Justino Luz, o que reflete na degradação do meio ambiente  do trabalho, destacando-se as seguintes impropriedades: demora na conclusão das obras no Hospital Regional Justino Luz (especialmente o Setor de Pronto Atendimento – SPA, ala B, subestação), comprometendo de maneira grave a prestação dos serviços de saúde à comunidade da região de Picos; ausência de climatização em alguns setores do hospital, porque a obra da subestação está pendente de finalização, sendo penoso o ambiente em que ocorre a prestação de serviço, ante as altas temperaturas observadas”.

O documento destaca também as várias inspeções realizadas pela equipe do Ministério Público do Trabalho no Hospital Regional Justino Luz e juntadas no PAJ 000028.2016.22.001/4, constatando várias irregularidades na unidade de saúde.

O não cumprimento da recomendação, poderá acarretar em medidas judiciais. “O não cumprimento dos termos desta Notificação Recomendatória ensejará a adoção das medidas judiciais e extrajudiciais que o Ministério Público Estadual entenderem necessárias, inclusive a propositura da imediata Ação Civil Pública, inclusive por Improbidade”.

Confira a recomendação na íntegra : Assinada Recomendação Conjunta nº 0

Fonte: Cidades na Net

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Campo Largo-PI Por Roberto Freitas

Missa pelo 1° mês do falecimento de Jurandir Lustosa em Campo Largo-PI

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Mãe do Dep. Cleber Verde é morta dentro da fazenda. Pai esta desaparecido

Colônia do Gurgueia Por Francelia

Reunião estratégica de combate ao novo coronavírus em Colônia do Gurgueia

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

São João do Arraial registrou 16 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Floriano Por Ilizianny de Carvalho

Pessoas entre 20 e 39 anos são maioria em número de infectados por Covid-19

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium