Segunda, 28 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
86 9 9834-2372
R10 Utilidade Pública

R10 Utilidade Pública

Utilidade pública Tudo sobre utilidade pública.

[email protected]

86 9 9834-2372

Teresina - Medida

Postada em 22/04/2020 ás 15h26 - atualizada em 22/04/2020 ás 15h54

Publicada por: Bruna Sampaio

Decreto limita entrada de clientes em supermercados de Teresina
Será apenas um por vez, exceto em casos de pessoas que precisem de acompanhamento.
Decreto limita entrada de clientes em supermercados de Teresina

EBC

O prefeito Firmino Filho assinou o Decreto nº 19.671 instituindo novas regras de funcionamento para supermercados e outros estabelecimentos que comercializam gêneros alimentícios. O objetivo é fazer com que esses locais reforcem os procedimentos de higienização e garantam condutas adequadas de segurança, higiene pessoal e controle de saúde dos seus trabalhadores e clientes durante a pandemia do novo coronavírus em Teresina.

O decreto determina que os estabelecimentos devem reduzir, pela metade, o número de carrinhos e cestas de compras à disposição dos consumidores e o número de vagas no estacionamento. Também limita o acesso ao estabelecimento, garantindo assim que a lotação não ultrapasse a metade da capacidade física da estrutura. Uma vez alcançado o limite de ocupação do local, uma nova pessoa só poderá entrar quando outra sair.

Os supermercados devem também limitar a entrada de clientes, permitindo apenas um por vez, exceto em casos de pessoas que precisem de acompanhamento. Deve também haver faixas ou marcações para assegurar a distância mínima de dois metros entre os clientes nas filas, e entre as filas, de acesso ao local. Só será permitida a entrada de pessoas usando máscaras de proteção.

O estabelecimento deve assegurar materiais para limpeza das mãos como álcool em gel 70% ou pia com água e sabão para empregados e clientes, além de garantir a higienização de carrinhos e cestas de compras antes e depois do contato com o cliente. Deve assegurar também que todos os seus trabalhadores usem máscaras em tempo integral e que seja possível manter o distanciamento mínimo de dois metros entre eles.

O decreto também recomenda que nos caixas sejam instaladas barreiras de acrílico entre o cliente e o operador, para maior segurança. Deve ser respeitada a distância mínima de dois metros entre clientes e entre o cliente e o trabalhador tanto nas filas dos caixas quanto nas dos balcões de atendimento.

Os supermercados e demais comércios do gênero devem realizar a desinfecção constante de superfícies e objetos como balcões, bancadas, balanças, maçanetas, corrimãos, interruptores, máquinas de cartão e outros itens tocados com frequência, utilizando hipoclorito de sódio ou álcool 70%. Fica proibido disponibilizar produtos e alimentos para degustação.

Se o estabelecimento possuir circuito interno de rádio, deve utilizar esse recurso para promover, a cada hora, campanhas de conscientização de etiquetas respiratórias, uso de máscaras de proteção, distanciamento entre clientes e, sempre que possível, recomendação de adoção da prática de apenas uma pessoa por família fazer as compras.

As novas medidas buscam adequar o funcionamento das atividades essenciais à necessidade de máximo controle na prevenção e segurança de clientes e funcionários no combate à Covid-19. Os locais que não cumprirem as determinações do decreto ficam sujeitos a aplicação de multa, interdição total da atividade ou cassação de alvará.

Confira aqui o Decreto nº 19.671.

Fonte: PMT

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium