Sábado, 25 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

25°

21° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Novelas
Novelas
Acompanhe as últimas e principais notícias sobre novelas.
Entretenimento Novela
04/05/2020 10h24 Atualizada há 2 anos
Por: Francine Dutra

Novo Mundo: Thomas leva surra em manifestação pró-Dom Pedro

A possibilidade da volta de Dom Pedro (Caio Castro) para Portugal deixa os ânimos exaltados, em Novo Mundo. Com a ajuda de Peter (Caco Ciocler) e Libério (Felipe Silcler), Joaquim (Chay Suede) insufla uma manifestação Pró-Pedro que reúne os populares em frente ao Paço pedindo que o príncipe regente fique no Brasil.

Os conspiradores da Corte, Thomas (Gabriel Braga Nunes), Avilez (Paulo Rocha) e Sebastião (Roberto Cordovani), tomam ciência da manifestação e organizam um plano para que o movimento pacífico se torne uma revolta popular.

Foto: Globo
Foto: Globo

"No meio das pessoas estarão homens nossos, prontos para começar um quebra-quebra. Será a desmoralização do movimento", arquiteta o inglês, que tem o aval dos cúmplices.

"Será a prova definitiva de que Pedro é incapaz de controlar seus súditos, uma prova de que o Brasil está à deriva", complementa o ex-ministro.

Joaquim avisa o príncipe da manifestação que toma a frente do Paço com gritos de 'Fica Pedro', e o nobre se comove.

"Você é o príncipe dos brasileiros", incentiva Leopoldina, que quase é alvo de uma pedrada jogada por um dos capatazes de Avilez.

A partir daí o tumulto toma conta das ruas, com as pessoas correndo sem rumo. Thomas e Sebastião passam ao largo e observam satisfeitos a confusão formada. Pedro reclama com Joaquim que era para ser um movimento pacífico, que sua família corre perigo, e o segurança afirma que foi algum mal-intencionado que jogou a pedra. E ele tem certeza quando Peter e Libério lhe dizem que viram homens com lenços tapando os rostos no meio dos populares. Peter e Libério também o alertam que manifestantes Pró-Pedro foram em direção à sede do partido português protestar.

E a confusão se forma na entrada da sede do partido de oposição ao príncipe. Anna, que passava pela rua, vê Thomas entrando no local e estranha. Tenta chegar até a porta, mas é impedida por manisfestantes, até que Joaquim a tira do tumulto e a leva para a igreja. A professora diz a Joaquim que viu o marido entrando na sede e Joaquim desconfia das intenções do ex-ministro.

Pouco tempo depois, os manifestantes arrombam a porta, obrigando Thomas, Avilez e Sebastião a pularem a janela para se manterem a salvo. Eles correm pelas ruas, mas o ex-ministro é encurralado e leva uma surra dos populares.

Enquanto isso no Paço, Pedro teme novo ataque, pensa em voltar para Portugal, mas Leopoldina o encoraja a ficar. Anna e Joaquim chegam e relatam aos nobres que viram o ex-ministro entrando na sede do partido português, e os quatro são surpreendidos com Thomas chegando ao Paço todo machucado e carregado pelos guardas reais.

Fonte: GShow
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp