Sábado, 19 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro 3
[email protected]
86 9 9834-2372
R10 Utilidade Pública

R10 Utilidade Pública

Utilidade pública Tudo sobre utilidade pública.

[email protected]

86 9 9834-2372

Piauí - No Piauí

Postada em 06/05/2020 ás 15h41 - atualizada em 06/05/2020 ás 15h44

Publicada por: Bruna Sampaio

Wellington Dias analisa reabertura de alguns setores do comércio
Um plano foi apresentado com restrições e medidas protetivas
Wellington Dias analisa reabertura de alguns setores do comércio

Foto: Divulgação|Ccom

O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta quarta-feira (6), por videoconferência, com representantes do grupo Magazine Luiza; o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Igor Neri; o secretário de Governo, Osmar Júnior e a deputada federal Margarete Coelho. O encontro teve como objetivo discutir a reabertura parcial do comércio para pagamento de faturas, serviços de delivery e drive thru.

Na ocasião, o vice-presidente da Magazine Luiza, Fabrício Bittar, fez uma apresentação do plano de contingência para aplicar nas localidades em que a empresa tem operações de venda. “Estamos pleiteando a autorização para que as lojas funcionem para atender os clientes que precisam fazer os pagamentos e ainda não o fazem pela internet. Também queremos trabalhar com a entrega de produtos e para isso os funcionários voltariam ao trabalho presencial para organizar os pedidos e enviá-los aos clientes. Ainda disponibilizaríamos o serviço de drive trhu, dando a opção ao cliente de fazer a compra por internet e fazer a retirada na loja”, explicou.

O plano apresentado conta com restrições e medidas protetivas tais como: políticas de higienização, distanciamento, utilização de equipamentos de proteção, monitoramento de funcionários, escore de risco por município, além da não convocação de pessoas do grupo de risco. “Dessa forma, poderemos assegurar a saúde dos nossos colaboradores e ter a manutenção mínima de nossas atividades. Operamos como correspondente bancário e vendas de produtos essenciais, como alimentos e de higiene. Em tempos de pandemia, muitas pessoas também precisam, por exemplo, de um computador e de acessórios para trabalhar de casa. Portanto, com esse modelo de funcionamento poderemos atender a necessidade do cliente de forma segura”, justificou Bittar.

A proposta será analisada por Wellington Dias e apresentada a outros setores do comércio. “O funcionamento do setor de processamento e pagamentos de boletos já foi autorizado e agora estamos avaliando as alternativas para atender a população e fazer a economia girar de forma gradativa, mas com o máximo de cuidado para não interferir no nosso plano de enfrentamento à Covid-19. Temos uma chance do nosso sistema de saúde não entrar em colapso e vamos continuar priorizando as vidas humanas”, afirmou o governador.

 

Fonte: Ccom

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium