Sexta, 27 de Novembro de 2020
86 9 8877-6606

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 98877-6606

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

27°

24° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
OAB-PI
OAB-PI
Notícias sobre o que acontece na área da advocacia piauiense.
Piauí Nota de repúdio
18/05/2020 18h13 Atualizada há 6 meses
Por: Thamirys Moura

Subseção de Barras emite nota de repúdio contra violação das prerrogativas

No dia 11/05, na Delegacia de Polícia Civil de Luzilândia/PI, o advogado sofreu proibição

Foto:reprodução
Foto:reprodução

A Subseção de Barras, em conjunto com a Subcomissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados, emitiram Nota de Repúdio contra a violação das prerrogativas da Advocacia. No dia 11/05, na Delegacia de Polícia Civil de Luzilândia/PI, um advogado foi impossibilitado de acompanhar os seus clientes que iriam prestar depoimentos na condição de testemunhas.

De acordo com o Presidente da Subseção de Barras, Carlos Augusto, o Delegado em questão agiu de forma arbitrária e ilegal, pois, a Constituição de 1988, em seu Art. 133, dispõe que o advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável, no exercício da sua profissão, nos limites da lei.

“A OAB Subseção Barras irá exigir posicionamento da Secretaria de Segurança Pública, ao tempo que irá requerer junto a Corregedoria da Polícia Civil, abertura de procedimento investigatório contra o referido Delegado pelos atos praticados em desfavor da advocacia e da sociedade”, explica Carlos Augusto.

Continua depois da publicidade

O Presidente da Subcomissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados, Mateus Amorim, pontua ainda que “Estaremos firmes na busca pelas devidas reparações ao advogado diante dessa violação das prerrogativas da advocacia. Reafirmamos o nosso compromisso com a defesa dos advogados(as) e da sociedade, posição essa primordial”, finaliza.

Confira a Nota naBaixar PDF

Fonte: OAB PI
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®