Terça, 20 de Abril de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

31°

23° 31°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Política Reunião ministerial
23/05/2020 08h06 Atualizada há 11 meses
Por: Francine Dutra

Damares cita W.Dias em reunião e governador se pronuncia

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em reunião ministerial do dia 22 de abril, tornada pública nessa sexta-feira (22), a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, fez duras críticas à ação de governadores e prefeitos favoráveis à manutenção do distanciamento social e disse que a sua pasta já estava pedindo a prisão de alguns governadores.

O governador Wellington Dias, que foi um dos citados, lamentou a declaração da ministra. Segundo Damares, idosos estariam sendo algemados e jogados dentro de camburões, mulheres estariam sendo jogadas no chão e padres estariam sendo multados em R$ 90 mil por estarem dentro das igrejas com fiéis.

Em um dos trechos da reunião, Damares se dirige ao presidente Jair Bolsonaro para criticar o decreto estadual emitido pelo governo do Piauí no dia 16 de Abril, que autoriza a Defesa Civil a adentrar propriedades particulares e utiliza-las para ações de combate ao coronavírus.

O governador rebateu a crítica por meio de vídeo informando que o decreto assinado em abril tem como base na lei federal nº 13979. "Na época fizemos um decreto que tinha como base a lei federal 13.979, que exigia que o estado para ter acesso a recursos da área da emergência, a gente vivia uma situação de enchentes. Mandaram uma minuta para atender aos municípios e assinei de boa fé, a OAB nos alertou e imediatamente fiz a operação. No Piauí, a área da segurança só entra numa casa para salvar vidas", explicou.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®