Quinta, 22 de Outubro de 2020
86 9 8877-6606

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 98877-6606

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

32°

23° 41°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Cidades Desabafo
25/05/2020 19h45 Atualizada há 5 meses
Por: Cristina

Valdeci diz que Firmino só sabe abrir covas e comprar sacos para cadáveres

Fez duras críticas ao prefeito Firmino Filho.

Reprodução
Reprodução

Em entrevista na noite desta segunda-feira (25), o Advogado Valdeci Cavalcante, vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), participou de entrevista na TV Piauí Online, através das redes sociais e fez duras críticas às ações adotadas por prefeitos e governadores no que se refere à quarentena, através dos decretos de isolamento social.

Questionado sobre a atual situação do estado do Piauí, Dr. Valdeci relatou que já chegou a emagrecer durante esse período de quarentena, devido à preocupação que tem vivido recebendo vários telefonemas de pessoas que estão passando por dificuldades de manter seus negócios funcionando e os números alarmantes de demissões previstos para o mês de junho.

Citou o caso dos micro e pequenos empreendedores que investiram o pouco que tinham para abrir seu negócio e passaram a trabalhar com a família, esposa, filhos e estão beirando a falência. “Estes estão fechando e não vão abrir mais. No Brasil já chegou a mais de 700 mil empresas fechadas, no Piauí já se tem quase 4 mil empresas que não vão mais abrir”.

Continua depois da publicidade

Afirma que já recebeu diversas notificações de empresas que não vão mais operar no estado e outras que iriam abrir e não vão mais. Disse ainda que o Piauí já perdeu mais de 1 bilhão e meio de reais nesse período, “e tudo isso por ganância dos prefeitos e governadores do país, que quiseram apresentar uma conta para o governo federal pagar”.

“Eles imaginavam que o Bolsonaro ia abrir mão e ia dar o que eles queriam, não vai ser assim. Esse mês de maio o governador do Piauí, e de vários estados não vão ter mais dinheiro para pagar a folha de pagamento dos servidores”.  E citou a ajuda do governo federal aos estados e municípios por conta da perda na arrecadação de tributos, que deverá ser paga até junho.

Fez duras críticas ao prefeito Firmino Filho, e disse que apenas copia o que o prefeito e governador de São Paulo fazem. Que lá ele mandou abrir 10 mil covas e Firmino mandou abrir 600 aqui em Teresina, que lá o prefeito comprou 20 mil sacos para colocar cadáveres e o prefeito de Teresina comprou 2 mil sacos aqui, e disse que “a obra do prefeito daqui é abrir cova e comprar saco para colocar cadáveres. Enquanto que a saúde está abandonada. E outra coisa, eles estão sem saída, eles não sabem como colocar a economia em funcionamento. Porque eles estão quebrando os municípios e os estados”.  

Continua depois da publicidade

“A população está pagando um preço muito alto pela irresponsabilidade de governadores e prefeitos, essa que é a verdade” afirma o advogado.

Indignado com a situação atual causada pela pandemia do novo coronavírus Valdeci, afirma que é uma farsa o que os governadores e prefeitos estão fazendo com a saúde do povo. Que estão brincando com a saúde da população, que há tempos é um caos por falta de investimentos do poder público.

Cavalcante critica ainda o prefeito de Teresina pelas recentes aparições em redes sociais com profissionais de diversas áreas “esclarecendo” a população sobre a eficácia do isolamento social e que é cada um mais vaidoso que o outro. “O Firmino contratou uma equipe de técnicos, professores de dedicação exclusiva na universidade, que vivem só nos seus gabinetes trabalhando com números e não conhecem a realidade dos bairros, a realidade de periferia e estão aconselhando o Firmino e o governador. E alguns médicos chamados infectologistas, cada um mais vaidoso que o outro. Cada um querendo apresentar uma tese mais miserável, mais desgraçada, pra manter as pessoas confinadas e eles dando entrevistas e recebendo honorários. Eles estão já sem saída, porque a população não suporta mais”.

Continua depois da publicidade

Citou uma reunião que deverá acontecer nesta terça-feira (26), com a classe empresarial de Teresina e na sexta (29), será em Parnaíba com o setor empresarial da região.

Valdeci afirma que tomarão uma decisão e que irão começar a trabalhar e vão abrir seus negócios.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®