Quarta, 21 de Outubro de 2020
86 9 8877-6606

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 98877-6606

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

39°

24° 40°

Teresina - PI

Últimas notícias
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília
Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.
Política Destaques
26/05/2020 22h02
Por: Jornalista Milton Atanazio

26 de maio, terça-feira - RESUMO das notícias que foram destaques

Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado

Coluna Foco na Política com o jornalista Milton Atanazio direto de Brasília
Coluna Foco na Política com o jornalista Milton Atanazio direto de Brasília

Witzel é alvo de investigação da PF sobre suspeita de corrupção nas ações de combate ao coronavírus. Brasil tem mais 1.039 mortes pela Covid-19 em 24 horas. PF tem 5 dias para ouvir Weitraub sobre ataques ao STF. E o Judiciário e o Legislativo saem em defesa da democracia.

Suspeitas de corrupção na pandemia

O governador do RJ, Wilson Witzel, e a primeira-dama, Helena Witzel, foram alvos de operação da Polícia Federal contra suspeitas de desvios nos R$ 835 milhões destinados para ações na pandemia do novo coronavírus.

Segundo o Ministério Público Federal, há 'prova robusta' de fraudes e indícios de que Witzel sabia das irregularidades nos contratos para compra de respiradores e para a construção de hospitais de campanha, que ainda não foram entregues.

Continua depois da publicidade

Buscas foram feitas em endereços ligados ao governador, e celulares e computadores foram apreendidos com autorização do ministro Benedito Gonçalves, do STJ. A organização social (OS) Iabas, responsável pelos hospitais, também é alvo da investigação.

Wilson Witzel negou as acusações e disse que as buscas resultaram "em nada" e que vê "perseguição política". Segundo o governador, a operação mostra que a interferência do presidente Bolsonaro na PF está "oficializada", e que outros governadores adversários do presidente também sofrerão.

A investigação surgiu após um suspeito depor a promotores que não cuidavam do caso. Um deles se declarou impedido de investigar o senador e filho do presidente, Flávio Bolsonaro, no caso das rachadinhas.

Continua depois da publicidade

O senador comentou a operação e disse que tem informações de "anônimos" de que um "tsunami" atingirá Witzel. Ontem, a deputada bolsonarista Carla Zambeli antecipou uma ofensiva da PF contra governadores em uma entrevista de rádio.

Ao comentar sobre a operação contra Witzel, Bolsonaro sorriu para jornalistas e apoiadores e deu parabéns à Polícia Federal.

Bolsonaro — Foto: FREDERICO BRASIL/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Bolsonaro — Foto: FREDERICO BRASIL/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Continua depois da publicidade

1.039 mortes em 24 horas

O Brasil registrou mais 1.039 mortes pelo novo coronavírus entre ontem e hoje. Ao todo, o número de vítimas chega a 24,5 mil, e são mais de 391 mil casos.

Weintraub X STF

A declaração do ministro da Educação, Abraham Weintraub, na reunião ministerial do dia 22 de abril - quando disse que colocaria 'vagabundos na cadeia', começando pelo Superior Tribunal Federal - teve consequências. O ministro Alexandre de Moraes determinou que Weintraub seja ouvido pela Polícia Federal no prazo máximo de 5 dias. Para o ministro do STF, a fala de Weintraub 'reveste-se de claro intuito de lesar a independência do Poder Judiciário e a manutenção do Estado de Direito'.

Recado dos outros Poderes

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, discursou e fez um apelo à "maturidade" de quem tem mandato público. Ele não citou políticos, mas pediu diálogo entre instituições e defendeu a liberdade de imprensa.

'Nosso grande desafio é vencer o coronavírus preservando a nossa democracia’, disse Maia.

Ministros do STF também saíram em defesa da independência das instituições. Celso de Mello, que é relator do inquérito que investiga se Bolsonaro tentou interferir na PF, afirmou que o Judiciário independente "repele injunções marginais e ofensivas".

"Em uma palavra: sem um Poder Judiciário independente não haverá liberdade e nem democracia”, afirmou Celso de Mello.

Auxílio para a cultura

R$ 3 bilhões. Esse é o valor de repasse da União para o setor cultural aprovado nesta terça-feira pela Câmara dos Deputados. O texto do projeto de lei, que agora segue para o Senado, estabelece ações emergenciais para combater a crise provocada pelo novo coronavírus. Entre elas, o pagamento de R$ 600 para profissionais informais da área, que emprega mais de 5 milhões de pessoas.

Tem 5 minutos?

No ano passado, ao percentual da população brasileira com acesso à internet saltou para 74% - em 2018, esse número era de 70%. O levantamento é do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic). Com isso, o número de usuários de internet no país chegou a 133,8 milhões. Entre as classes D e E, 57% da população está na internet. Ainda de acordo com a pesquisa, pela primeira vez mais da metade da zona rural e das classes D e E têm acesso à internet. Saiba mais.

Com informações do G1

Fonte: G1
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®