Quarta, 21 de Outubro de 2020
86 9 8877-6606

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 98877-6606

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

27°

24° 40°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Teresina No Twitter
31/05/2020 09h42 Atualizada há 5 meses
Por: Francine Dutra

Mulheres usam hashtag para denunciar assédio em Teresina

Principais publicações se referem a professores de diversas instituições de ensino.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A hashtag #exposedteresina causou repercussão na capital nessa semana. Ganhando destaque no Twitter, a ferramenta foi utilizada para mulheres de Teresina divulgarem denúncias de abuso e assédio que sofreram em algum local da cidade.

O assunto ganhou força na sexta-feira (29) e mais de 3 mil mulheres relataram assédio utilizando o twitter. A ação subiu para o Instagram com a campanha "se eu sou amiga do seu agressor, me avise.", para aumentar ainda mais o número de denúncias.

Algumas das principais publicações envolvem professores de diversas instituições de ensino de Teresina. Muitas estudantes deixaram publicações sobre situações que passaram recentemente ou anos atrás.

Continua depois da publicidade

Uma estudante, que não quis ter a identidade revelada, disse que criou coragem para denunciar o assédio sofrido ao ver que diversas mulheres passaram pela mesma situação, e que isso não poderia acontecer mais. "Diversas mulheres passam por isso todos os dias, não podemos deixar que outras passem pelo que nós passamos. Precisamos ser respeitadas. Vi que diversas outras estudantes foram assediadas pela mesma pessoa que eu, não podemos nos calar", conta.

Até o momento, nenhuma das instituições com professores acusados de assediar alunas se manifestou sobre o assunto. 

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para mulheres (SMPM) reforçou em publicação que as situações podem ser denunciadas através do número 180.

Continua depois da publicidade

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®