Terça, 03 de Agosto de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

22°

22° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Blog do Lucão
Blog do Lucão Fique por dentro de tudo que acontece na região.
Cidades Policial
03/06/2020 16h23 Atualizada há 1 ano
Por: Blog do Lucão

Feminicida é preso após tentar contra vida de policiais militares em Timon

Uma guarnição do 11ª PBM-MA efetuou a prisão na madrugada desta terça para quarta-feira(03/05) de Bruno Richael, após intensa perseguição com tentativa de homicídio contra policiais.

Entenda o caso

Bruno Richael, que estava cumprindo prisão domiciliar em decorrência da pandemia, foi visto por policiais em ronda na noite desta terça-feira, numa área do Bairro Mateuzinho conhecida pela comercialização e uso de drogas. Ao avistar os militares, Bruno em
Bruno Richael, que estava cumprindo prisão domiciliar em decorrência da pandemia, foi visto por policiais em ronda na noite desta terça-feira, numa área do Bairro Mateuzinho conhecida pela comercialização e uso de drogas. Ao avistar os militares, Bruno em

Bruno Richael, que estava cumprindo prisão domiciliar em decorrência da pandemia, foi visto por policiais em ronda na noite desta terça-feira, numa área do Bairro Mateuzinho conhecida pela comercialização e uso de drogas. Ao avistar os militares, Bruno empreendeu fuga, saindo em disparada ziguezagueando pelas ruas do bairro.

Furou o cerco

Estratégicamente a polícia montou uma barreira na Avenida Belo Horizonte, onde policiais se postaram desembarcados na espreita do fugitivo, momento em que o indivíduo em alta velocidade, percebeu a presença dos policiais e jogou o carro na direção deles. A guarnição optou então pela perseguição tática, vindo à prendê-lo na Rua Higino Cunha.

Lys foi assassinada brutalmente por Bruno Richael

Feminicídio 

Bruno é condenado a 29 anos e 2 meses em primeira instância, pela autoria do assassinato contra Lys Racquel, os advogados dele recorreram e o processo está no TJMA.

Matou e foi ao motel

Ainda sustentado em detalhada investigação, o inquérito apontou que o autor do homicídio contra Lys Racquel  rumou para  Teresina, onde encontrou uma mulher de programa e a levou para um motel da zona sul da vizinha capital, tendo entrado no local aproximadamente 45 minutos depois de cometer o assassinato.

As informações acerca do motel onde estavam e onde  a mulher de programa foi deixada foi dada pelo taxista que foi chamado após Bruno tentar deixar o cordão empenhado na conta, ideia que prontamente  rechaçada pela gerente, que disse que ou ele deixaria o carro como garantia ou chamaria a polícia, dai Bruno ligou para o pai socorrê-lo, ao mesmo tempo para um táxi para sair do local, fato que chocou os experientes policias, pois uma frieza dessa natureza é inerente apenas aos psicopatas.

Essa mulher foi espancada, estuprada e por pouco não foi degolada por seu algoz, Bruno

Estupro e tentativa de homicídio

Antes deste feminicído contra a acadêmica de administração Lys Racquel. Bruno já tinha uma sentença condenatória transitada em julgada por crime de estupro e tentativa de homicídio, acontecidos em 2009, onde após a violência sexual , o acusado além de desferir  várias facadas na região genital tentou degolar a mulher que ele levara a força para um matagal.

Recondução

O fato é que desta vez a quebra da condicional de prisão domiciliar, a fuga com direção perigosa, e tentar contra a vida dos militares do brioso 11º BPM-MA, lhe proporcionou um curto período de liberdade e custará mais acusações contra sua pessoa, por desobediência, desacato, direção perigosa e tentativa de homicídio contra os policiais. Bruno foi recambiado imediatamente para a penitênciária.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp