Domingo, 09 de agosto de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Camanha ProPiauí Julho
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Destaques do dia

Postada em 08/06/2020 ás 03h37 - atualizada em 08/06/2020 ás 03h49

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

8 de junho,segunda-feira - Os destaques do dia
A coluna Foco na Política com o jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília
8 de junho,segunda-feira - Os destaques do dia

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado

     

A semana começa com a confusão nos dados sobre o coronavírus no Brasil. O Ministério da Saúde divulgou dois boletins com diferença de mais de 850 óbitos sem explicar o motivo. A mudança da maneira de divulgar os números foi criticada autoridades e especialistas. Os protestos pró-democracia e contra o racismo do fim de semana. Os concursos abertos com mais de 10,6 mil vagas. E os pagodeiros comentando a explosão do ritmo nessa quarentena.

Confusão nos dados

O Ministério da Saúde divulgou neste domingo (7) dados diferentes sobre a quantidade de mortos e infectados por Covid-19. Questionado, o governo ainda não explicou a razão da diferença dos dados.

O primeiro balanço do ministério apontava para 1.382 mortes nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos para 37.312. O segundo, no entanto, divulgado no painel oficial do ministério que acompanha a evolução da doença, informava 525 óbitos, somando 36.455 mortes desde o início da pandemia no Brasil.

A diferença na apuração das mortes das últimas 24 horas entre os dois balanços é de 857 pessoas.

'Brincar com a morte é perverso', diz Maia após governo divulgar dados divergentes sobre o coronavírus Após governo omitir dados, secretários lançam site paralelo Carlos Wizard recusa cargo e se desculpa com famílias de vítimas da Covid-19

O número de casos informados nas últimas 24 horas também é diferente. O primeiro balanço indicava 12.581 casos, levando o total de casos confirmados para 685.427. O painel oficial do ministério, no entanto, apontava para 18.912 casos a mais da doença, somando 691.758 casos.

Desde sexta-feira, o ministério mudou a forma de divulgação dos indicadores do coronavírus, deixando de apresentar alguns dados consolidados. A decisão foi criticada por autoridades e especialistas. O MPF abriu um procedimento extrajudicial pedindo explicações para o ministro interino Eduardo Pazuello do que motivou a nova forma de apresentar os números.

Governo volta atrás e divulga novamente números de infectados e mortos por Covid-19 Governo volta atrás e divulga novamente  números de infectados e mortos por Covid-19 ASSISTA AO VÍDEO https://globoplay.globo.com/v/8609437/    Protestos pelo país Protesto no largo da Batata, região de Pinheiros, em São Paulo — Foto: Roberto Sungi/Futura Press/Estadão Conteúdo

Protesto no largo da Batata, região de Pinheiros, em São Paulo — Foto: Roberto Sungi/Futura Press/Estadão Conteúdo

Ao menos 20 capitais brasileiras registraram protestos pacíficos durante a manhã e a tarde deste domingo (7).

A maioria dos manifestantes usou máscara durante os atos e carregou cartazes contra o racismo e o fascismo. Os participantes gritaram palavras de ordem em defesa da democracia.

Grupo distribui flores para a polícia: 'Momento de união' FOTOS: PM dispersa grupo que tentou furar bloqueio em SP

Os protestos por essas pautas no Brasil começaram no último domingo (31), com manifestações em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Em São Paulo, no Rio e em Brasília, também houve manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro. A maioria dos participantes carregava bandeiras do Brasil. Não houve tumulto.

Domingo no Brasil é marcado por protestos em 20 capitaisDomingo no Brasil é marcado por protestos em 20 capitais ASSISTA AO VÍDEO https://globoplay.globo.com/v/8609407/   GloboNews Debate Fernando Henrique Cardoso, Marina Silva e Ciro Gomes em entrevista à GloboNews — Foto: Reprodução/GloboNews

Fernando Henrique Cardoso, Marina Silva e Ciro Gomes em entrevista à GloboNews — Foto: Reprodução/GloboNews

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e os ex-candidatos à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) defenderam neste domingo (7) uma frente ampla para proteger a democracia. Os três participaram de um debate promovido pela GloboNews e mediado pela jornalista Míriam Leitão.

PLAYLIST: Veja o debate promovido pela GloboNews

Sobre os atos pró-democracia, Fernando Henrique afirmou que 'não podemos calar'. Ciro disse que 'Quem não defende a democracia é traidor'. E Marina Silva defendeu a união para enfrentar a crise. Eles também criticaram a mudança feita pelo governo federal na divulgação de informações de infectados e mortes pelo coronavírus.

Isso é Fantástico

 

A palavra tomou as redes sociais nas últimas semanas: fascismo. Em um levantamento exclusivo feito para o Fantástico, o Google revelou que o termo bateu recentemente todos os recordes de procura no site de buscas. Em debates acalorados, virou uma palavra usada para ofender interlocutores. Mas será que a palavra está sendo usada no contexto correto? Afinal, o que foi o fascismo histórico e que relação ele tem com os eventos que acontecem hoje no Brasil e no mundo? Para ajudar você a entender melhor essa história, Murilo Salviano recebe dois historiadores especialistas no assuntoOuça abaixo:

Assunto

 

Na reunião ministerial de 22 de abril, Ricardo Salles recomendou aos colegas aproveitar a “tranquilidade” da pandemia para implementar, longe dos olhos do Congresso, da imprensa e do público em geral, toda a desregulamentação possível na área ambiental. A fala lhe rendeu acusações formais de improbidade administrativa, crime de responsabilidade e, na última sexta-feira, um pedido de impeachment.

Em conversa com Renata Lo Prete, a pesquisadora Natalie Unterstell explica que a “desregulamentação” é, na verdade, um desregramento generalizado da proteção ambiental, feito por meio de decretos, portarias e desmoralização de funcionários públicos de carreira. Integrante de um grupo que monitora cada decisão da área publicada no Diário Oficial da União, ela mostra também o que essa política já está custando ao Brasil em reputação e recursos externos perdidos.

Auxílio emergencial Auxílio emergencial libera mais uma etapa de pagamentos nesta segunda-feira — Foto: Nayra Halm/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Auxílio emergencial libera mais uma etapa de pagamentos nesta segunda-feira — Foto: Nayra Halm/Fotoarena/Estadão Conteúdo

A Caixa libera nesta segunda-feira (8) as transferências e os saques em dinheiro da segunda parcela do Auxílio Emergencial depositada em poupanças sociais digitais do banco para os 2,6 milhões de beneficiários nascidos em agosto.

VEJA A PÁGINA ESPECIAL

As liberações começaram no em 30 de maio e seguem um cronograma ligado ao mês de nascimento do trabalhador. Até a data de liberação, os recursos já depositados nas poupanças podem ser usados apenas para pagamento de contas, de boletos e compras por meio do cartão de débito virtual.

Para os trabalhadores que receberam a primeira parcela do benefício em outra conta, os recursos depositados na poupança digital serão transferidos automaticamente também na data de liberação dos saques e transferências. Com isso, esses beneficiários terão que procurar os bancos em que têm conta caso queiram sacar o dinheiro.

Imposto de Renda

 

O trabalhador demitido que recebeu verbas na rescisão do contrato de trabalho no ano passado deve incluir os valores na declaração deste ano. O envio da declaração do Imposto de Renda vai até 30 de junho.

SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA

De acordo com Sandro Rodrigues, contabilista, economista e fundador da Attend Assessoria Consultoria e Auditoria S/S, os valores só devem ser declarados se forem efetivamente recebidos, ou seja, quando depositados na conta corrente.

“Portanto, só deve constar da declaração de 2020 o que foi efetivamente recebido até 31 de dezembro de 2019”, salienta.

Concursos País tem mais de 10,6 mil vagas em concurso — Foto: Divulgação

País tem mais de 10,6 mil vagas em concurso — Foto: Divulgação

Pelo menos 94 concursos públicos estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (8) no país para preencher mais de 10,6 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade.

CONFIRA A LISTA COMPLETA DE CONCURSOS

Além de vagas para preenchimento imediato, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Somente na Prefeitura de Barra dos Coqueiros, em Sergipe, são oferecidas 586 vagas, com salários de até R$ 3.232,49.

Lives de pagode Lives em junho incluem transmissões agendadas de Xande de Pilares, Martinho da Vila e Thiaguinho — Foto: Divulgação

Lives em junho incluem transmissões agendadas de Xande de Pilares, Martinho da Vila e Thiaguinho — Foto: Divulgação

As lives de pagode foram a maior surpresa da atual temporada de transmissões musicais ao vivo. E o sucesso deve seguir, com alguns grandes nomes do estilo já com lives engatilhadas para junho (veja lista abaixo).

Mesmo que o pagode tenha menos hits atuais do que estilos como funk, pop e forró, e esteja muito atrás dos líderes sertanejos, quando começaram as lives, o ritmo mostrou sua força.

O podcast G1 Ouviu mostrou como lives de grupos como Raça Negra, Sorriso Maroto e Pixote fizeram a audiência dos artistas disparar, com base na nostalgia. Ouça abaixo:

Com informações do G1

Fonte: g1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium