Terça, 11 de agosto de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Camanha ProPiauí Julho
[email protected]
86 2107-5800 / 5847
OAB-PI

OAB-PI

OAB-PI Notícias sobre o que acontece na área da advocacia piauiense.

[email protected]

86 2107-5800 / 5847

Piauí - Homenagem

Postada em 09/06/2020 ás 08h44 - atualizada em 09/06/2020 ás 09h41

Publicada por: Thamirys Moura

Fides Angélica completa 50 anos de advocacia e é homenageada
Fides Angélica foi a primeira mulher a exercer o cargo de presidência de OAB no Brasil
Fides Angélica completa 50 anos de advocacia e é homenageada

Foto: Reprodução

A OAB Piauí, por meio do seu Conselho Pleno, homenageou a Membro Honorário Vitalício da Seccional Piauí, Fides Angélica de Castro Veloso Mendes Ommati, pelos seus 50 anos de carreira na Advocacia. A celebração aconteceu durante a Sessão Extraordinária, nesta sexta-feira (05), virtualmente, e foi conduzida pelo Presidente da instituição, Celso Barros Coelho Neto. A Solenidade foi prestigiada por membros da Diretoria Nacional e local da OAB, por presidentes de Seccionais, por Membros Honorários Vitalícios, Conselheiros Federais, diretoria do CEJA, ESA PI e CAAPI, Presidentes de Comissões Temáticas, representantes do Judiciário, além dos Conselheiros Seccionais.

Marcando a história da OAB, sobretudo, a força da Advocacia feminina no Estado, Fides Angélica foi a primeira mulher a exercer o cargo de presidência de OAB no Brasil, estando à frente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, por três mandatos (1987/1989 – 1991/1993 – 1993/1994). Também se dedicou à Escola Superior de Advocacia do Piauí (ESA-Piauí), sendo a sua fundadora e estando à frente como Diretora-Geral nos anos de 1997 a 2000 e de 2001 a 2003.

Sua carreira foi enaltecida pelo Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, que parabenizou a sua atuação profissional em prol da instituição. “Esse é o nosso reconhecimento por todas as bandeiras de lutas levantadas por Fides Angélica, que contribuíram para a consolidação da nossa entidade. Seu legado cultural, sua sapiência e liderança foram basilares para a afirmação da nossa advocacia, para a preservação de seus valores e para o enobrecimento da nossa gloriosa história. Não é a toa que, ao todo, teve 10 mandatos dentro da nossa Seccional, sempre fazendo história. A sua história será eternizada na OAB com uma placa fixada na galeria de presidentes”, homenageou Celso Barros Neto.

O Vice-Presidente da OAB Nacional, Luiz Viana, participou da Solenidade e destacou, em sua fala, sobre a profundidade da história de Fides Angélica. “Como é bom amadurecermos para enfrentar as dificuldades na vida e na Advocacia. Eu fico sempre pensando que podemos pensar o tempo como extenso e profundo. Eu penso que 50 anos é um tempo muito extenso, mas sei que os seus 50 anos é de comemoração, não só pela extensão, mas pela profundidade desse tempo, o significado, o que transborda da sua trajetória”, disse.

Também prestigiando a solenidade, o Desembargador Sebastião Martins, Presidente do TJPI, parabenizou a OAB Piauí pela iniciativa, bem como ressaltou a importância da jurista para a história local e nacional. “Fides Angélica rompeu barreiras nesse País e nesse estado, em um tempo onde ainda era mais difícil para a mulher, sendo subjugada diante da cultura machista, então, ela representa uma bandeira, um exemplo para as mulheres do nosso Estado. Esse momento é histórico e raro, 50 anos de Advocacia é um grande marco. A ela, que foi minha professora de Direito Previdenciário, o meu respeito e a minha admiração”, disse.

A Solenidade foi prestigiada ainda pelos Membros Honorários Vitalícios João Pedro Ayrimoraes, Álvaro Mota e Francisco Lucas que celebraram os 50 anos de carreira de Fides Angélica e homenagearam com discursos de força e admiração.

Os membros da diretoria da Seccional Alynne Patrício (Vice-Presidente); Leonardo Airton (Secretário-Geral); Einstein Sepúlveda (Diretor-Tesoureiro), além da Ouvidora-Geral (Élida Fabrícia), destacaram a importância da trajetória de Fides Angélica.

Os Conselheiros Federais Andreya Lorena, Geórgia Nunes, Thiago Carcará e Raimundo Júnior também destacaram a carreira de Fides Angélica. A Conselheira Andreya Lorena fez a proposição de indicação do nome da jurista piauiense para ser contemplada com a maior honraria da advocacia brasileira, Medalha Rui Barbosa. Proposta celebrada por todos(as) os presentes.

Na ocasião, Fides Angélica foi contemplada com a entrega de uma placa em homenagem pelos seus relevantes serviços prestados à Advocacia. Além disso, a Diretoria da Seccional Piauí reforçou que fixará uma placa comemorativa dos seus 50 anos de carreira na Galeria da entidade.

“Essa placa, que recebi na minha casa, me deixa muito emocionada e me faz pensar que tudo valeu a pena. Eu sou uma mulher, pequena, nordestina que sempre teve grandes objetivos. A minha missão é servir, eu acredito que a minha caminhada se baseou no interesse em servir as pessoas e acreditar que podia fazer da minha carreira uma forma de alcançá-las. Eu fico até mesmo embaraçada com tamanha homenagem porque olho para trás e olho para o presente, principalmente, e se eu pratiquei ações que possam ter feito ou propiciado o crescimento de alguém, a melhoria intelectual e pessoal de alguém, então, valeu a pena. Celebro meus 50 anos de Advocacia com o coração cheio de gratidão”, comemorou a homenageada.

Fides Angélica encerrou a sua fala deixando a mensagem de valorização das mulheres na Advocacia. “Minha palavra final é esta: mulheres, lutem, mostrem o seu valor, se preparem, enfrentem e façam história. Sonhem e realizem, façam acontecer. Vocês têm valor e podem!”, finalizou.

Prestigiaram ainda a solenidade o Presidente da OAB Paraíba e Coordenador Geral do Colégio de Presidentes da OAB no Brasil, Paulo Maia; o Diretor-Geral da ESA Piauí, Aurélio Lobão; o Vice-Presidente da CAAPI, José Urtiga; o Presidente da Câmera de Mediação e Arbitragem, Leandro Lages; os Presidentes das Subseções de Valença, São Raimundo Nonato e Uruçuí, Martalene dos Anjos,  James Amorim e José Martins, respectivamente; a Tesoureira do CEJA, Caroline Oliveira; a Presidente da APPE, Maria de Lourdes Terto.

Fonte: oabpi

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium