Terça, 15 de Junho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

26°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Marcelo Barradas
Marcelo Barradas
Notícias com Marcelo Barradas
Cidades Piauí
26/06/2020 17h28
Por: Bruna Sampaio

Correligionários comemoram pré-candidatura enquanto Oeiras registra morte

Pré-candidato Hailton Filho (Foto: Reprodução)
Pré-candidato Hailton Filho (Foto: Reprodução)

O ex-prefeito, líder da oposição de Oeiras, o Tapety Neto, anunciou oficialmente a candidatura do Dr. Hailton Filho como o pré-candidato a prefeito de Oeiras pela oposição. Isso na prática tira a chance do PT lançar seu próprio nome, a não ser que não tenha uma união dos dois para chapa única. O Partidos dos trabalhadores agora deve trabalhar com o nome para vice.

O lançamento aconteceu em uma rádio AM que pertence ao grupo político de Oeiras. Enquanto Tapety Neto concedia a entrevista, a cidade de Oeiras recebia a informação da segunda morte por Covid-19. A primeira ocorreu ontem (quinta-feira), no Hospital Regional.

A informação da vítima pela Covid-19 estava sendo passada por exemplo, na Rádio Meio Norte FM de Oeiras e sendo postada pelo Portal Oeiras em Foco.

Continua depois da publicidade

Sem nenhuma empatia pelos familiares das vítimas, e tudo para alimentar uma execração, correligionários, inclusive militantes de partidos da oposição, soltavam fogos de artifícios de forma desordenada no Centro Histórico de Oeiras. A atitude foi vista de forma desrespeitosa, já que o próprio Hospital Regional de Oeiras, que é comandado pela oposição tinha decretado luto pelas mortes, assim como a Prefeitura Municipal de Oeiras.

O ex-prefeito Tapety Neto disse que não está sabendo dos fogos. "Ouviu a entrevista do B. Sá hoje? se referindo a pandemia? Sobre os foguetes, não ouvi", questionou.

"Estava na Fazenda Beira Rio na hora da entrevista. Já gostei muito de fogos mas hoje eu sou contra, mas respeito a manifestação e a liberdade de expressão de qualquer cidadão. Seria interessante a imprensa mostrar o quão irresponsável é a posição de médico e líder político em relação uma pandemia. É muito mais sério que uma manifestação popular", finalizou Tapety Neto.

Fonte: Oeiras em Foco
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp