Sábado, 12 de Junho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

30°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Sexo e Prazer
Sexo e Prazer
Tudo sobre o universo sexual.
Geral Mais prazer
26/06/2020 17h41
Por: Bruna Sampaio

4 exercícios íntimos para fazer em casa e turbinar o sexo

ISTOCK
ISTOCK

Desde o início da quarentena, muitas pessoas aderiram aos treinos em casa para manter uma rotina saudável de exercícios físicos. Funcional, yoga, dança, HIIT, alongamento… e até ginástica íntima.

Ainda que pouca gente saiba, a região íntima – principalmente a feminina – precisa que seus músculos sejam ativados e trabalhados tanto quanto os membros superiores, inferiores e o cardiorrespiratório.

De acordo com a fisioterapeuta pélvica Carolina Barreto, os benefícios da ginástica íntima são vários, melhorando desde funções biológicas até as sexuais. “A contração voluntária da musculatura perineal no ato sexual melhora a percepção da mulher e do parceiro, proporcionando um sexo mais e prazeroso”, explica.

Continua depois da publicidade

Como se a melhora da qualidade sexual durante a transa não fosse o suficiente, a especialista garante que músculos que são treinados frequentemente, com um maior aporte sanguíneo, geram um orgasmo mais forte e longo para a mulher.

“As minhas pacientes dizem que existe um orgasmo antes da prática da ginástica íntima e outro, muito melhor, após habilitar esses músculos”, relata Carolina.

Motivada? Porque toda mulher merece um orgasmo mais potente, a fisioterapeuta indica quatro exercícios íntimos que podem ser feitos em casa. Confira:

Primeira semana

“Na primeira semana de treinamento do assoalho pélvico, podemos trabalhar com contrações simples. Então, basta contrair o períneo e, em seguida, relaxar. São 3 séries de 20 repetições e, 30 segundos de descanso entre as séries”.

Segunda semana

“Na segunda semana, com os músculos já ativados, vamos trabalhar com a contração sustentada, ou seja: contrair o períneo, sustentar por 3 segundos e relaxar por 6 segundos. A cada 20 repetições, relaxar 1 minuto”.

Terceira semana

Já na terceira semana, seus músculos da região pélvica estarão muito mais acostumados com os exercícios, então podemos continuar com a contração sustentada, mas de forma diferente. Contraia os músculos e sustente por seis segundos, com relaxamento de 12 segundos. A cada 20 repetições, relaxar 1 minuto”.

Quarta semana

“A esta altura você provavelmente sentirá melhor os músculos, então podemos reforçar os exercícios, preparando-os ainda mais para seguir adiante e turbinar sua região pélvica para desafios maiores. Contraia o ânus ao máximo, relaxe até a metade e faça 4 picos de contrações máximas. São 3 séries de 20 repetições e, a cada série finalizada, descanse por 1 minuto”.

Vale lembrar: para que o programa de treinamento seja eficaz, os exercícios devem ser feitos da forma correta. Por isso, a profissional disponibilizou em seu site um e-book gratuito com informações que facilitam o processo de aprendizado.

Workshop gratuito

Para as mulheres que querem ainda mais opções, Carolina lançou o Habilite Períneo – programa online com diversos treinos íntimos. “O conhecimento da musculatura perineal é um direito que toda mulher tem”, diz.

Como forma de lançamento, haverá um workshop online gratuito na próxima terça-feira (30/06), a partir das 19h. As vagas são limitadas e, para participar, basta se inscrever no Sympla.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp