Domingo, 25 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

29°

18° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 LGBT
R10 LGBT
Últimas e principais notícias sobre LGBT.
Política Provável candidatura
06/07/2020 11h40
Por: Francine Dutra

Fortaleza poderá ter primeira trans candidata à prefeitura

O Partido Socialismo e Liberdade (Psol), em Fortaleza (CE), apresentou o nome da escritora trans Helena Vieira como pré-candidata à prefeitura da capital. Segundo o Mídia Bixa, Helena é militante dos direitos humanos, ativista trans, escritora, estudou Gestão de Políticas Públicas (USP) e foi assessora no mandato do deputado estadual Renato Roseno (Psol) na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Ainda é cedo para saber se Helena de fato vai ou não concorrer nas eleições, mas o grupo que apresentou Helena informou que está disposto a promover debates internos que definirão oficialmente o nome que vai representar o partido na disputa ao Paço Municipal este ano, sendo ela, a primeira trans, como um dos nomes mais fortes.

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

O manifesto de lançamento da pré-candidatura reforça a posição de que o Psol deve ter candidatura própria no pleito municipal de 2020 como tática para enfrentar o Bolsonarismo e para ter mais força na disputa para a Câmara Municipal.

Continua depois da publicidade

“Não há divisões internas nesse sentido e a disposição de Helena Vieira se apresenta como reforço para a composição da chapa ao lado de outros bons e representativos nomes”, disse o agrupamento.

Helena Vieira afirma que há um enfraquecimento das clássicas referências de esquerda e destaca a vitória, na última eleição, de parlamentares que representam os anseios conjunturais por renovação e que colocaram o PSOL num lugar estratégico.

“Elegemos, nos últimos pleitos candidaturas jovens, negras, de mulheres e LGBTs, que, na atual conjuntura, revelam e assumem o protagonismo no combate ao fascismo e na defesa da classe trabalhadora, do precariado e das multidões de sujeitos subalternizados e pauperizados”, frisa.

A escritora afirma que o Psol é, neste momento, quem tem as melhores condições de apresentar à sociedade um projeto político de esquerda e verdadeiramente emancipatório.

Fonte: Coluna/Uol
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp